'Dia da Pizza': saiba mais sobre uma das comidas mais populares do mundo

Por Luciana Ribeiro - Ansa

O Dia Nacional da Pizza é celebrado nesta quarta-feira (10) no Brasil e, para comemorar a data, diversos restaurantes, pizzarias e estabelecimentos em várias cidades do país farão promoções e festivais. De tanta tradição italiana, a Unesco elegeu em dezembro de 2017 a "Arte dos Pizzaiolos Napolitanos" como Patrimônio Imaterial da Humanidade.

Criada na Itália, a pizza encontrou em São Paulo um forte expoente, com milhares de amantes da massa. Assim, em 1985, o então secretário de turismo Caio Luiz de Carvalho promoveu um concurso estadual para eleger as dez melhores receitas de margherita e mozarela. O sucesso foi tamanho que Carvalho determinou que o dia de encerramento, 10 de julho, seria a data oficial para homenagear a pizza.

Nesta quarta, em São Paulo, a rede italiana Eataly venderá a pizza margherita, uma das mais tradicionais da Itália, de R$ 47 por R$25. Além disso, o restaurante GiroPizza realizará um rodízio com quatro sabores diferentes por R$55.

Diversas franquias da Pizza Hut estão fazendo promoção com as pizzas mais pedidas, por R$39,90. A Patroni Pizzaria, por sua vez, dará desconto na iguaria no mês inteiro de julho. Por fim, a Bráz Trattoria aproveitará a data para lançar a 8ª edição de seu festival Fora de Série, que será inspirado nos ingredientes do Vesúvio.

Conheça seis curiosidades sobre um dos alimentos mais consumidos e amados do planeta:

1. Origem
A origem da pizza não é muito certa. Acredita-se que antes de Cristo os fenícios costumavam acrescentar carne e cebola em cima do pão, que tinha aspecto achatado semelhando ao pão sírio. Mas a iguaria teria adquirido o aspecto moderno somente no século XVI, com a introdução do tomate na Itália.

O alimento vinha da América e acabou se tornando um dos mais importantes ingredientes da pizza. Além disso, dizem que os egípcios foram os primeiros a fazerem uma pizza, ao misturar farinha e água. Alguns especialistas, porém, creem que a receita teve origem na Grécia, com massas a base de farinha de trigo ou arroz. Os antigos egípcios, muçulmanos e chineses também estão na corrida para serem considerados os responsáveis pela criação da pizza, mas a única certeza é de que foi em Nápoles, na Itália, que surgiu a primeira massa redonda.

2. Dia da Pizza
A data é comemorada no dia 10 de julho desde 1889, quando o rei Umberto I e a rainha Margherita provaram uma pizza pela primeira vez. A receita realizada por Rafaelle Esposito, em Napóles, na Itália, no século XIX, foi recheada com ingredientes que remetiam às cores da bandeira italiana: mussarela (branco), tomate (vermelho) e manjericão (verde), dando origem à pizza Margherita.

3. Made in Italy
Considerada um símbolo nacional, engana-se quem acha que a pizza italiana é feita apenas com ingredientes produzidos no país. Da mussarela da Lituânia ao molho concentrado chinês, do azeite de oliva da Tunísia ao trigo canadense, quase duas em cada três pizzas servidas na Itália usam uma mistura de produtos importados.

4. Fonte de Felicidade
Neste ano, uma pesquisa realizada por ocasião do "Dia Internacional da Felicidade", celebrado no dia 20 de março, revelou que a pizza é uma das maiores fontes de felicidade para os italianos. De acordo com 42% dos italianos, o alimento é o prato que mais deixa as pessoas felizes, informou o estudo feito pela Deliveroo – serviço de entrega de alimentos.

5. Brasileira X Italiana
Vinda junto com os imigrantes italianos no século XIX, a pizza italiana sofreu algumas adaptações para conquistar os brasileiros. Com massa grossa, fina, bordas recheadas ou não, a pizza consumida no Brasil tem os sabores e formatos mais diversos, podendo ser a tradicional, de metro e até de panela de pressão.

Cada pizzaria tem seu segredo e sua receita, incluindo no cardápio variedades gourmet e pizzas doces. Já a pizza napolitana é mais fina e a borda menos crocante e simples. Além disso, é menor, para ser comida individualmente. Geralmente, há menos recheio para que os sabores de cada ingrediente sejam explorados ao máximo.

Além da Margherita, as receitas mais servidas na Itália são:

  • MARINARA: é temperada apenas com molho de tomate, alho, orégano e azeite de oliva;
  • DIAVOLA: base com ingredientes da Margherita com salame picante (ou peperoni);
  • PROSCIUTTO E FUNGHI CHAMPIGNON: molho de tomate e queijo mussarela permanecem como base, mas são cobertos com fatias de presunto e cogumelos;
  • 4 STAGIONI: esta pizza é dividida em 4 partes, com 4 ingredientes diferentes (cogumelos, presunto, alcachofra e azeitonas pretas), mantendo a base com molho de tomate e mussarela;
  • BOSCAIOLA: mussarela, cogumelos e linguiça.
  • MARE E MONTI: molho de tomate, mussarela, cogumelos, camarões, alho e salsinha.

6. Consumo
A pizza é um dos principais alimentos mais ingeridos no mundo. De acordo com a Associação Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo (APUESP), diariamente são consumidas mais de 1 milhão de pizzas no Brasil, sendo 572 mil apenas em São Paulo, o que faz a segunda cidade que mais consome o alimento no mundo ficando atrás apenas de Nova York. Na Itália, são cerca de 1,8 bilhão de pizzas devoradas por ano.

pizza Pixabay

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo