Brasileiros bebem mais que a média mundial, mostra pesquisa

Por Lais Pagoto

Os brasileiros bebem mais em comparação com outros países. São quase oito litros por pessoa, segundo um levantamento do Centro de Informações sobre Saúde e Álcool, contra 6,2 litros da média global.

Apesar de o consumo ter caído 11% entre 2010 e 2016, o hábito tem crescido entre os mais jovens – que começam em geral aos 12 anos e meio de idade.

No Dia Internacional de Combate às Drogas, os especialistas em dependência química acreditam que investir em prevenção é a melhor forma de adiar ao máximo o primeiro contato com a bebida – e com um possível vício no futuro.

LEIA TAMBÉM:

Luciano Huck mostra raio-X de Benício: 'Estava sem capacete, Deus foi muito generoso'
Homem sobrevive um mês preso em toca de urso na Rússia

Para a psiquiatra Ana Cecília Marques, coordenadora da Comissão de Dependência Química da Associação Brasileira de Psiquiatria quanto mais cedo, mais perigoso: "O cérebro se acostuma mais rápido".

A jornalista Barbara Gancia começou a beber pesado aos 16 anos: "Eu nem gostava do sabor, mas me sentia bem", conta.

Ela fez parte de um grupo que vem registrando alta nos últimos anos: o hábito cresceu entre as meninas entre 13 e 15 anos: hoje, 25% bebem ao menos uma dose por mês. Há dez anos, esse número era de 20%.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo