Com piscina de marshmellows e cenários para selfie, Museu Mais Doce do Mundo abre neste mês em São Paulo

Por Metro Jornal

Com foco nos registros pessoais e estética fofa, o Museu Mais Doce do Mundo (The Sweet Art Museum) estará de portas abertas para o público a partir do dia 20, na capital paulista.

A mostra sai de Lisboa após temporada de sucesso, com três meses de ingressos esgotados. Com instalações cor-de-rosa e itens como picolés gigantes, esteira de cookies e piscina de marshmellows, um dos principais intuitos do museu itinerante é ser "instagramável"– proporcionar cenários dignos de uma foto para o Instagram.

LEIA MAIS:
Jacaré invade casa nos EUA, derruba móveis e quebra garrafa de vinho

Para incentivar a integração com o mundo digital, o Museu Mais Doce também tem seu aplicativo próprio, disponível para aparelhos com Google Play ou pela App Store. Integrando-os com suas câmeras, os visitantes poderão ter experiências com realidade aumentada.

Além da diversão para os adultos internautas, as crianças também podem aproveitar a exposição e seu visual lúdico, de classificação etária livre. A cenografia foi pensada para despertar memórias afetivas, através de cores, cheiros, sensações e gostos. E sim: haverá um momento para degustação de guloseimas.

Os ingressos já estão à venda pela internet e na bilheteria e variam entre R$30 e R$60. As visitas são realizadas em grupos, com horários a cada hora.

"O Museu Mais Doce do Mundo" estará na rua Colômbia, nº 157, no Jardim América. A exposição estará em São Paulo até 18 de agosto, e partirá em setembro para o Rio de Janeiro.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo