Previsões da numerologia para o amor em junho de 2019

Confira as tendências do mês para solteiros e comprometidos

Por Yubertson Miranda

Quer saber as tendências para a vida amorosa? Com a Numerologia, é possível oferecer previsões personalizadas sobre o amor para solteiros e comprometidos, com base no Ano Pessoal, Trimestre Pessoal ou Mês Pessoal. Confira as previsões da Numerologia para o amor em junho de 2019.

Calcule gratuitamente aqui o seu Ano Pessoal e Trimestre Pessoal no Mapa do Ano.

Descubra também o seu Mês Pessoal para conferir as previsões indicadas para você.

As interpretações abaixo indicam as principais oportunidades e desafios que você tende a viver nos relacionamentos. Mas vale lembrar que para uma visão mais profunda do seu momento afetivo, é indicado consultar a versão completa das análises numerológicas.

ANO PESSOAL 1 – TRIMESTRE PESSOAL 8 – MÊS PESSOAL 7

Para solteiros(as)

Neste mês você poderá questionar um pouco o desejo de querer se destacar, se dedicar aos seus projetos pessoais e profissionais. Existe a tendência a questionar r até que ponto não está, de alguma maneira, fugindo da possibilidade de enfrentar alguns medos de sofrer no amor e criar intimidade com alguém.

Talvez diante de algum evento que demande uma diminuição de seu ritmo, tal como férias, uma gripe ou alguma viagem de final de semana, você reflita e perceba quais as barreiras emocionais, profissionais ou financeiras podem te  impedir de se relacionar.

Para comprometidos (as)

Desde abril, a tendência era de maior foco em projetos pessoais, de dinamismo acentuado.  Todavia, durante junho, por necessidade ou mesmo diante de algum evento, você talvez precise dar uma reduzida nesse pique todo. Cuidar mais de seu emocional, de sua vida afetivas.

Aproveite as ideias e a busca por novidades (do Ano Pessoal 1) e o poder de materialização (do Trimestre 8) para alcançar um novo nível de intimidade com a pessoa parceira. Busque novas experiências e desenvolver hábitos que contribuam para essa renovação em prol de um laço mais estreito com quem se relaciona.

ANO PESSOAL 2 – TRIMESTRE PESSOAL 1 – MÊS PESSOAL 8

Para solteiros(as)

Como o Ano Pessoal 2 é propício para se relacionar, aproveite o poder de concretização presente neste mês de junho (por estar na simbologia do 8) e de inícios (do Trimestre Pessoal 1), a fim de efetivamente começar um relacionamento.

Todavia, terá de lidar mais um mês com o conflito entre estar junto (Ano Pessoal 2) e manter sua independência e autonomia (Trimestre Pessoal 1). Ainda mais que neste mês você estará sentindo um ímpeto maior, com mais dinamismo, iniciativa e ambição, para ter êxitos pessoais e profissionais.

Para comprometidos (as)

Aquela necessidade de conciliar sua vida pessoal e sua vida conjugal continuará em junho. O detalhe é que neste mês você perceberá uma disposição maior em se dedicar a certos projetos e desafios, especialmente em termos profissionais. Então, será muito importante dialogar com a pessoa parceira, a fim de aproveitar este período com forte potencial de conquistas pessoais e financeiras.

A diplomacia será essencial, porque tem um lado seu que estará bem impaciente e até mesmo agressivo. E isso poderia gerar conflitos com seu par. Dosando esse ímpeto assertivo e mesmo autoritário com senso de justiça e maturidade, você conseguirá o entendimento com quem se relaciona.

ANO PESSOAL 3 – TRIMESTRE PESSOAL 3 – MÊS PESSOAL 9:

Para solteiros(as)

Este será um mês com um forte potencial romântico. Tanto o 3 (de seu Ano Pessoal e de seu Trimestre Pessoal) quanto o 9 (de seu Mês Pessoal) simbolizam esse desejo de amar intensamente. O anseio por mais diversão e uma vida social mais ativa poderá atrair oportunidades para se relacionar. A paixão e a química poderão ser notórias. O desafio será não deixar a chama ser consumida rapidamente, mas fazê-la renascer em prol de um relacionamento bonito e cheio de propósito. Para algumas pessoas que viverão essa combinação numerológica, será importante se desligar de alguém para poder se abrir e se envolver pra valer com uma nova pessoa.

Para comprometidos (as)

As reações dramáticas e exageradas poderão ser frequentes neste período de sua vida. E isso pode representar aquele comportamento extremista: ou está tudo maravilhoso ou está tudo horrível.

Essas oscilações emocionais podem gerar um anseio impulsivo de colocar fim ao relacionamento. Será importante você reconhecer quais mudanças são necessárias para resgatar o prazer e o romantismo em seu relacionamento.

ANO PESSOAL 4 – TRIMESTRE PESSOAL 5 – MÊS PESSOAL 1

Para solteiros(as)

Tal como em Maio, você se depara com o conflito entre querer uma relação séria ou manter-se livre e se dedicando a viagens, estudos e projetos que demandam seu tempo mais para si. Porque agora o ímpeto libertário é grande, em função do 1 e do 5 (de seu Mês e Trimestre Pessoais) em contraposição ao desejo por um laço afetivo seguro e duradouro.

Embora haja o potencial de conhecer alguém diferente, talvez até mais novo que você, com quem poderá iniciar uma amizade, a qual poderá ser a base para a edificação de um relacionamento amoroso.

Para comprometidos (as)

O anseio por autonomia e espaço para se dedicar a seus projetos e interesses tende a aumentar neste mês. Talvez até mesmo viagens te levem a um maior distanciamento em relação à pessoa parceira. Se puder direcionar esse desejo por mais novidades e estímulos mais excitantes, inclusive sexuais, com quem se relaciona, melhor.

Viajar com a família ou com seu par pode representar a experiência que gerará a mudança na rotina e na convivência entre vocês. Obviamente que haverá um lado seu que estará mais impaciente e até mesmo querendo “chutar o balde” diante de certas limitações e incertezas na vida amorosa. Veja bem se é isso mesmo que quer: terminar. Ou se valerá a pena propor mudanças em prol de um relacionamento mais satisfatório com quem está junto.

ANO PESSOAL 5 – TRIMESTRE PESSOAL 7 – MÊS PESSOAL 2

Para solteiros(as)

Neste mês você tende a notar um conflito maior entre manter sua liberdade e querer a companhia de alguém especial. Provavelmente o anseio por se relacionar ganhará, uma vez que tanto o 7 quanto o 2 (de seu Trimestre e Mês Pessoal) simbolizam essa predisposição à vida a dois. O desejo, portanto, de estabelecer um vínculo afetivo repleto de intimidade e companheirismo estará forte em junho.

Para comprometidos (as)

Será muito importante o diálogo com a pessoa parceira, a fim de criar um novo nível de intimidade e de companheirismo. Alcançando esses objetivos, você terá a mudança que tanto almeja no vínculo a dois. Novas experiências e mais prazer por meio desse laço mais estreito e profundo serão gratificantes.

O maior desafio para se chegar a esse patamar será o de não esconder suas insatisfações, não guardar mágoa e nem colocar muros de resistência ao medo de se entregar mais intensamente à pessoa parceira. Caso você ou seu par estejam envolvidos com uma terceira pessoa, neste mês há o risco desse segredo vir à tona.

ANO PESSOAL 6 – TRIMESTRE PESSOAL 9 – MÊS PESSOAL 3

Para solteiros(as)

O romantismo está no ar! Três números diretamente associados à disposição em amar intensamente se conjugam neste mês de junho. Se quiser aproveitar o potencial de se envolver num relacionamento, o momento é agora. Por meio de uma vida social mais ativa, bem como em eventos culturais e cerimônias festivas, tais como formaturas, noivados e casamentos, você poderá conhecer alguém, haver química e paixão.

Para comprometidos (as):

O momento é muito apropriado para o resgate do prazer e do companheirismo em seu relacionamento. Deverá ter atenção com a insatisfação improdutiva, aquela que – diante da oscilação de humor em ficar achando que a relação ou está maravilhosa ou está péssima – enxerga com mais sabedoria o que precisa ser reciclado entre você e a pessoa parceira.

E utiliza de muita diplomacia, elogios e uma atitude motivacional para entusiasmar quem você ama em prol desse renascimento de uma fase mais satisfatória no amor.

ANO PESSOAL 7 – TRIMESTRE PESSOAL 2 – MÊS PESSOAL 4

Para solteiros(as)

A seriedade e o real desejo de um compromisso sólido e duradouro tendem a prevalecer neste mês. Aventuras, relações superficiais ou sem perspectivas futuras não atrairão tanto em junho. O risco é de acabar se comprometendo com alguém por conta de uma carência maior.

Esteja ciente de que o bom senso e a percepção de pequenos mas cruciais detalhes poderão lhe ajudar a decidir se deve colocar limite em alguém ou iniciar a construção de um laço afetivo repleto de companheirismo e intimidade.

Para comprometidos (as)

Pode ser que sinta um maior travamento emocional e até mesmo sexual nesta época. Talvez sobrecargas de responsabilidades, deveres ou preocupações gerem essa atitude mais contida e autorrepressora no amor e no sexo.

Com paciência e a compreensão da pessoa parceira, poderá sentir um novo nível de segurança para demonstrar seus medos e vulnerabilidades, a fim de superá-los com perseverança e autoconhecimento.

ANO PESSOAL 8 – TRIMESTRE PESSOAL 4 – MÊS PESSOAL 5

Para solteiros(as)

Talvez o desejo de não se comprometer e viver a vida de forma mais leve se choque com uma necessidade de estabelecer um vínculo afetivo mais sério, estável e que seja duradouro a longo prazo.

Ao colocar na balança o peso de cada lado desse, talvez o de só se relacionar se sentir que há segurança prepondere. Ou simplesmente vá curtir, viajar e fazer cursos quando não encontrar alguém com esses requisitos que satisfaçam a necessidade de estabilidade afetiva.

Para comprometidos (as)

Certas crises financeiras, profissionais ou familiares poderão ser a oportunidade para você e a pessoa parceira se unirem ainda mais, graças ao amparo efetivo que cada qual oferece ao outro.

Também é um período para buscar mais leveza na vida a dois, tal como viajando com a família e seu par. A seriedade e rigidez de Maio poderão ser reduzidas neste mês de junho. E isso poderá fazer toda a diferença para vivenciar situações novas e mais estimulantes ao lado de quem ama.

ANO PESSOAL 9 – TRIMESTRE PESSOAL 6 – MÊS PESSOAL 6

Para solteiros(as)

Este é um mês de grande romantismo. Um desejo por viver uma relação repleta de companheirismo e propósito será forte. O risco é idealizar demais a perfeição de uma pessoa parceira ou da própria relação.

E perceber que fica difícil alguém corresponder a tamanha expectativa romântica. Se diminuir um pouco essas exigências e idealização, poderá desfrutar de uma relação bem linda. Talvez até mesmo uma amizade se transformando em amor ou uma amizade colorida que pode se desenvolver futuramente.

Para comprometidos (as)

Período de grandes exigências no que diz respeito a fazer sacrifícios pessoais em prol da pessoa parceira, da família ou de uma causa. Seu par precisar te apoiar ou no mínimo compreender esse momento, principalmente se você se dedicar a outras pessoas ou familiares.

A possibilidade de fortes divergências e conflitos também existe. Porque quando se passa por um ciclo 6, tal como o que você estará tanto com Mês Pessoal quanto como Trimestre Pessoal, certas diferenças e detalhes se tornam gritantes.

Há insatisfações consideráveis a lidar na vida a dois, na maneira de se relacionarem. Mais romantismo, sensibilidade e menos severidade, crítica e implicâncias ajudarão bastante. Porque senão o risco é até mesmo de preferir se distanciar emocionalmente ou mesmo terminar a relação.

 

+ Você nasceu no primeiro ou no último dia de um signo? Entenda melhor as datas dos signos.

+ Descubra gratuitamente qual é o seu signo ascendente.

+ Jogue o Tarot do Amor e descubra os aspectos positivos, melhores ações e um conselho final para a sua vida amorosa.

Yubertson Miranda

Yubertson Miranda é numerólogo, astrólogo e tarólogo e é graduado em Filosofia. Ama encontrar significado nos eventos do dia a dia. É autor das análises numerológicas do Personare.

[email protected]


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo