Tecnologia: Huawei responde à proibição do sistema Android pelo Google

Por Wellington Botelho

Neste domingo foi anunciado que o Google, dono do sistema operacional Android, cortou relações com a Huawei. A chinesa é uma das maiores empresas de smartphones do mundo.

A medida foi tomada após decreto do presidente americano, Donald Trump. Sem dúvida, um duro golpe para os consumidores da marca.

Sobre o assunto, a gigante se manifestou nesta segunda-feira (20). Em comunicado, a Huawei afirmou que prestará toda assistência para os usuários. Confira: 

Huawei logo sede Tyrone Siu/Reuters

“A Huawei continuará a fornecer atualizações de segurança e serviços de pós-venda para todos os produtos existentes da Huawei e da Honor para Smartphone e Tablet, cobrindo os que foram vendidos e que ainda estão em estoque globalmente”.

“Continuaremos a construir um ecossistema de software seguro e sustentável, a fim de fornecer a melhor experiência para todos os usuários globalmente”.

Android

O Android também emitiu um comunicado neste domingo. No Twitter, o sistema operacional esclareceu alguns pontos:

“Para dúvidas dos usuários da Huawei sobre nossas medidas para cumprir as recentes ações do governo dos EUA: Garantimos que, enquanto cumprimos todos os requisitos do governo dos EUA, serviços como o Google Play e a segurança do Google Play Protect continuarão funcionando o seu atual dispositivo Huawei”.

LEIA TAMBÉM: 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo