Estudo científico sugere que homens com peito peludo estão entre os mais inteligentes

Por Rodrigo Almeida

Homens com pelos no peito causam atração em algumas mulheres, e agora um novo estudo pode fazer essa atração aumentar.

Uma pesquisa realizada pelo Centro de Saúde de Chester, em Illinois, nos Estados Unidos, encontrou uma relação entre homens inteligentes e a quantidade de pelos na região do peitoral.

Segundo o estudo, estes homens mostram maior quantidade de realizações acadêmicas e profissionais, em comparação com os que têm pouco ou nenhum cabelo corporal.

O doutor em psicologia Aikarakudy Alia é um dos pesquisadores líderes neste assunto, e ele destaca que homens com essas características são mais comuns em áreas que requerem maior nível educativo.

O doutor explica que “homens com pelos no peito obtiveram melhores classificações em várias provas aplicadas, entre elas de raciocínio científico, e matemático”.

Uma pesquisa da Mensa , organização cujo único requisito de entrada é ter Quociente de Inteligência entre o 2% mais alto,  descobriu, entre 117 membros, uma maior probabilidade de eles serem peludos  do que se nota na população geral.

Isso não quer dizer que homens sem essas características sejam menos inteligentes. Tome Albert Einstein como exemplo. Segundo o PsyBlog, o alemão não tinha nenhum pelo corporal sequer.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo