China quer construir estação de pesquisa no polo sul da Lua

Por Ansa

O governo chinês anunciou nesta quarta-feira (24) que planeja construir uma estação de pesquisa científica no polo sul da Lua e quer realizar uma exploração lunar tripulada em cerca de 10 anos. "A China tem a ambição de construir uma estação científica em regiões do polo sul da Lua e realizar missões lunares tripuladas em 10 anos", disse Xhang Kejian, diretor da Administração Espacial Nacional da China.

A declaração foi dada em Changsha, capital da província de Hunan , durante discurso na cerimônia de abertura do "Dia Nacional do Espaço", celebrado no país nesta quarta.

Zhang informou que a China vai lançar a sonda lunar "Chang'e-5" para recolher amostras de terra da superfície lunar e trazê-las de volta à Terra até o final de 2019.

De acordo com ele, Shaoshan, a cidade natal do falecido líder chinês Mao Zedong, será um dos centros de armazenamento permanente de amostras lunares.

Além disso, o diretor da Administração Espacial Nacional afirmou que a China planeja lançar sua primeira sonda para explorar Marte em 2020.

O governo chinês está ativo na exploração do espaço desde 24 de abril de 1970, quando o foguete Longa Marcha-1 colocou em órbita o primeiro satélite do país, o Dongfanghong-1. Desde 2016, a China escolheu o dia 24 de abril como o Dia Nacional do Espaço. O tema da atividade deste ano é "realizar sonhos espaciais para uma cooperação vantajosa para todos". No início deste ano, a China surpreendeu ao pousar a sonda espacial Chang'e 4 no lado oculto da Lua – a parte do satélite que não é visível da Terra.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo