Comer carne vermelha aumenta em 23% o risco de morte; estudo indica que nem precisa ser muito

Por Rodrigo Almeida

Uma pesquisa desenvolvida pela Universidade do Leste da Finlândia chegou a uma preocupante conclusão: quem come mais de 200 gramas de carne vermelha tem mais chance de morrer.

Pesquisadores avaliaram a alimentação de cerca de 2600 homens, e aqueles excediam a quantidade diariamente tiveram os riscos de morte aumentados nos 20 anos seguintes.

Para se ter uma ideia, esta quantidade é o equivalente a três salsichas ou um filé, como o da foto. Segundo Jornal britânico Daily Mail, o departamento de Saúde do Reino Unido recomenda 70g por dia, já o Instituto de Câncer dos Estados Unidos sugere no máximo 72g.

A pesquisa seguiu homens de 42 a 60 anos por 22 anos. Neste período, 1225 deles vieram a falecer. A conclusão: aqueles que retiravam proteínas de fontes animais eram mais propensos a morrer primeiro. Entretanto, isso ocorria nos que comiam grande quantidade de carne vermelha.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo