Software espiou centenas de italianos por 3 anos

Por Ansa

Centenas de cidadãos italianos foram espionados por um "spyware" desenvolvido por uma empresa italiana e distribuído em dispositivos Android. O software foi capaz de passar pelos filtros de segurança do Google e recolher dados privados.

O "spyware" se chama "Exodus" e foi identificado por um grupo de pesquisadores. "Acreditamos que tenha sido criado pela empresa eSurv, de Catanzaro, em 2016", disseram os autores da descoberta. De acordo com eles, o "spyware" foi carregado com sucesso dentro da Googe Play Store – loja digital do Android onde os usuário fazem downloads de aplicativos -. Os pesquisadores alertaram o Google, que removeu o sistema.

O "spyware" teria ficado ativo de 2016 a 2019, recolhendo dados como calendário, geolocalização, log-in do Facebook Messenger e chats do WhatsApp. Acredita-se que 350 pessoas tenham sido alvos, todas no território italiano.

Loading...
Revisa el siguiente artículo