Subsolo e antigo cofre de prédios históricos viram bares em SP

Por Eduardo Ribeiro – Metro São Paulo

Nos tempos da Lei Seca, na década de 1920, nos Estados Unidos, os boêmios precisavam dispor das conexões certas para entrar nos chamados “speakeasies”, redutos etílicos e geralmente escondidos em improváveis subsolos. O charme de transgressão, acolhimento, e de pertencer a um seleto grupo, mesmo depois da liberação continua inspirando releituras de bares em porões pelas grandes cidades.

Em São Paulo, a tendência se firma com a inauguração de duas inusitadas casas que deram nova vida a antigos espaços: o cofre do Banespa, no Farol Santander, e a labiríntica estrutura centenária que abrigava o sistema de ventilação do Theatro Municipal, ambos no centro.

Enterrado no piso inferior do Edifício Altino Arantes, o Bar do Cofre vem com a chancela do SubAstor e mantém as características originais do cofrão, como as portas circulares feitas de concreto e aço reforçado, o mármore das paredes e piso, e as duas mil caixas de depósito individuais. Reluzente, o bar fica ao centro do salão, com drinques assinados pelo mestre da mixologia, o italiano Fabio la Pietra, onde o whisky se faz protagonista. No cardápio dos chefs Marcelo Tanus e Laila Radice, há opções como a croqueta de pupunha e a tostada de burrata no pão de fermentação natural.

Já o Bar dos Arcos, de aspecto rústico, com suas paredes de tijolos, acomoda os clientes em corredores de mesas iluminadas. Também oferece a mais fina coquetelaria e gastronomia. Iniciativa de Facundo Guerra e Cairê Aoas, conta com a barwoman Chula, que veio da Argentina, do renomado Florería Atlântico, em Buenos Aires, assumir a carta de drinques, cervejas e vinhos, sendo a combinação de gim, lichia, limão, aquafaba e açúcar de framboesa um dos itens de mais sucesso.

Bar dos Arcos
Theatro Municipal
Pça. Ramos de Azevedo, s/nº, República, região central, tel. 2039-1250.
100 pessoas.
Ter. a sáb.: 19h às 3h.

Bar do Cofre
Farol Santander
R. João Brícola, 24, região central, tel. 3553-5627.
90 pessoas.
Qui. a sáb.: 17h à 1h. Não aceita tíquetes.

Loading...
Revisa el siguiente artículo