Nasa está oferecendo R$ 74 mil para quem passar dois meses deitado

Por Metro Jornal

A Nasa (Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço, na sigla em inglês) está recrutando voluntários que queiram participar de uma pesquisa. O desafio? Ficar dois meses inteiros deitado. Até mesmo necessidades fisiológicas, como ir ao banheiro, deverá ser feito sem levantar. A recompensa é tentadora: 14 mil libras – cerca de R$ 74 mil.

Leia mais:
Telescópio Spitzer da NASA registra impressionante ‘borboleta cósmica’ no espaço
Para voos internacionais, Azul prepara cardápio com a ajuda dos seguidores

A ideia é testar as câmaras de gravidade artificiais, para verificar se elas são viáveis para viagens de longa duração. Especialistas da Nasa e da Esa (Agência Espacial Europeia, na sigla em inglês) vão estudar os efeitos de se ficar deitado por dois meses. A experiência poderá esclarecer como o corpo de astronautas pode ser afetado pela gravidade artificial.

Até agora, a ciência sabe que em casos de ausência de gravidade acontece alteração na circulação sanguínea e atrofiação de músculos e ossos. "O uso da gravidade artificial pode ser a melhor solução para a proteção da saúde humana durante missões espaciais de longa duração em humanos", afirmou Edwin Mulder, cientista-chefe do DLR (Centro Aeroespacial Alemão, na sigla em alemão), em entrevista ao jornal The Sun.

Os voluntários precisam ter entre 24 e 55 anos. Eles passarão os dois meses assistindo televisão, lendo livros e realizando outras atividades de lazer, para evitar que fiquem entediados. Serão selecionados 24 participantes. Você pode obter mais informações sobre a proposta no site do Centro Aeroespacial Alemão.

Loading...
Revisa el siguiente artículo