Fotógrafo revela os danos invisíveis que o sol produz na nossa pele com fotos ultravioletas

Por Victória Bravo

Certamente você já se esqueceu de passar o protetor solar, mas achou que sua pele não teve nenhum dano visível causado pelo sol. Para mudar esta ideia, o fotógrafo Pierre-Louis Ferrer resolveu clicar fotos ultravioletas e em primeiro plano de 20 pessoas para mostrar o dano solar invisível ao olho humano.

O ensaio foi chamado de “Raw” e mostrou de maneira nunca vista as manchas, marcas e sardas escondidas na pele causadas pela exposição à luz UV.

foto Reprodução / Fotos de Pierre-Louis Ferrer / SWNS.com

De acordo com o Metro Reino Unido, além de alertar, Pierre busca com este projeto “oferecer ao espectador uma visão íntima do seu próprio ser, que eles não podem perceber por si mesmos”.

Para o fotógrafo, essa relação de intimidade e confiança é o oposto da nossa sociedade atual, onde as selfies e redes sociais projetam uma visão utópica das nossas vidas: “Essas fotos são mais honestas do que as selfies nas redes sociais, onde os danos causados ​​pelo sol a longo prazo são ocultados por lindos filtros”, explicou.

Confira as imagens:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo