SpaceX lança cápsula para tripulação rumo à Estação Espacial

Por Ansa

A empresa norte-americana aeroespacial, SpaceX, lançou neste sábado (2) a cápsula Crew Dragon, um novo sistema para colocar astronautas em órbita em voos tripulados a partir dos Estados Unidos. A missão é realizada oito anos depois da aposentadoria dos ônibus espaciais da Agência Espacial norte-americana (Nasa).

O foguete Falcon 9 da SpaceX e a cápsula de tripulação Dragon decolaram com sucesso do histórico Pad 39A do Centro Espacial Kennedy, às 02:49 (horário local).

A subida de 11 minutos colocou o Dragon e seu passageiro, um boneco batizado de Ripley em homenagem à heroína dos filmes Alien, no caminho em direção à Estação Espacial Internacional (ISS), cerca de 400 quilômetros de altitude. A expectativa é de que a atracagem aconteça às 8h05 (horário de Brasília) deste domingo. Além disso, é esperado que ocorra o mergulho na atmosfera para a volta à Terra na próxima sexta-feira (8). A missão é apenas um teste, mas se der certo a agência espacial provavelmente aprovará o sistema para uso regular de astronautas a partir do final deste ano. Segundo o fundador da SpaceX, Elon Musk, este pode ser o primeiro passo para a abertura de viagens espaciais para clientes comerciais.

Em sua conta no Twitter, ele confirmou que "se o voo de teste da Dragon correr bem, dois astronautas da NASA viajarão para a Estação Espacial até meados deste ano".

Durante esta missão, não há astronautas a bordo, apenas um manequim de teste. Vestido em um traje espacial, o simulador é equipado com sensores ao redor da cabeça, pescoço e coluna vertebral. Ripley reunirá dados sobre o tipo de forças que os futuros passageiros experimentarão. "O belo lançamento de hoje abre um novo capítulo na excelência dos Estados Unidos, nos fazer voar novamente para levar astronautas americanos em foguetes americanos de solo americano", comentou Jim Bridenstine, administrador-chefe da Nasa.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo