Sonda pega amostras do raro asteroide que guarda segredos sobre a formação do Sistema Solar

Por Wellington Botelho

Os japoneses atualmente exploram o asteroide Ryugu com a sonda Hayabusa2. E o trabalho espacial já obteve alguns resultados, de acordo com dados da Agência de Exploração Espacial do Japão (JAXA).

A espaçonave tocou a superfície do corpo. Este é um grande passo, já que está localizado a 340 milhões de quilômetros da Terra e sua composição pode ser relevante para entender como a vida foi formada.

Ryugu abriga restos de carvão e possivelmente água, desde o nascimento do nosso sistema solar, o que poderia fornecer pistas sobre a formação dos planetas e a origem da vida.

A sonda disparou projéteis no chão com o objetivo de criar uma cratera e extrair materiais que foram posteriormente levados por um braço do aparelho.

Especialistas dizem que as amostras foram coletadas com sucesso, embora isso só possa ser confirmado quando a sonda retornar a Terra, previsto para o final de 2020.

LEIA TAMBÉM:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo