Seis vinhos brancos refrescantes da Grande Curitiba para você conhecer

Por Metro Curitiba

O calor deste verão está forte e quando a temperatura ambiente sobe a dos vinhos que consumimos deve descer. Na busca por opções refrescantes, fizemos uma seleção de brancos produzidos na Região Metropolitana de Curitiba.

De diferentes estilos, uvas e preços, eles são uma amostra da diversidade que o entorno da capital paranaense tem a oferecer. O clima úmido, nublado, com temperaturas médias amenas, favorece a produção de uvas ideais para elaboração de vinhos com acidez muito salivante, refrescantes e fáceis de tomar. Podem ser consumidos sós, em coquetéis, e são ideais para acompanhar entradas frias, peixes, frutos do mar, queijos e petiscos. Confira as sugestões que Wagner Gabardo, diretor da escola de sommeliers Alta Gama, fez a pedido do Metro Jornal.

Casa Malvasia 2017 (Família Fardo, Quatro Barras)
Vinho branco super aromático de uvas cultivadas em Dois Vizinhos, sudoeste do Paraná. Aromas e sabores frutados e florais, com corpo leve e boa acidez. Um vinho que agrada a paladares ecléticos e funciona bem como porta de entrada para os vinhos finos. Sugere-se acompanha-lo com casquinha de siri levemente picante. R$ 46,32. Vendas pelo site: https://familiafardo.com.br/

Casa Malvasia 2017

Sfizio Fiano 2015 (Legado, Campo Largo)
Para os degustadores curiosos em descobrir novidades, a uva Fiano, original do sul da Italia, é plantada em um dos únicos vinhedos do Brasil a cultivar esta variedade, em Campo Largo. O vinho possui aromas a ervas frescas e frutas cítricas. Na boca é leve e refrescante. Para os adeptos da coquetelaria sugere-se misturá-lo com pêssego em calda batido, gelo e um toque de licor de laranja. R$ 44,00. Vendas pelo site: http://www.vinicolalegado.com.br/

Sfizio Fiano 2015

Angustifólia Chardonnay 2017 (Araucária, São José dos Pinhais)
Elaborado de vinhedos próximos à Serra do Mar, este é um chardonnay fora do comum. Aromas florais e cítricos com um leve toque de caramelo. Na boca tem corpo médio e acidez marcante. Branco bem agradável, ideal para acompanhar um tender suíno assado com arroz à grega. R$ 59,00. Vendas na vinícola, lojas especializadas e pelo site:  https://vinicolaaraucaria.com.br

Angustifólia Chardonnay 2017

Sfizio Viognier 2015 (Legado, Campo Largo)
Outra uva fora dos holofotes que a Legado apostou e produz ótimos resultados nos vinhedos em Bateias, aos pés da Serra de São Luiz do Purunã. Aromas a pêssegos e damascos, frutas que dão o tom do sabor do vinho na boca, equilibrados por uma acidez refrescante e um corpo leve. Recomenda-se acompanhá-lo com camarão ao bafo ou lula empanada frita. R$ 39,00. Vendas pelo site: http://www.vinicolalegado.com.br/

Sfizio Viognier 2015

Josephine Chardonnay 2016 (Franco Italiano, Colombo)
O branco mais encorpado desta seleção, trata-se de um chardonnay com aromas de abacaxi, baunilha e caramelo. Na boca é untuoso com acidez refrescante, feito para uma refeição. Recomenda-se acompanhá-lo com uma peixada ou moqueca com leite de coco. R$ 42. Vendas na vinícola.

Josephine Chardonnay 2016

Santa Felicidade Suave 2018 (Vinhos Santa Felicidade, Curitiba)
Para os que preferem a tradição dos vinhos coloniais adocicados, a sugestão é o vinho branco suave da Vinhos Santa Felicidade, feito de uvas Niágara. Sugere-se consumi-lo bem frio ou em forma de coquetel, com gelo e partes iguais de vinho e suco fresco de laranja. R$ 11,00 (750ml) e R$ 50,00 (garrafão de 5 litros). Vendas na vinícola.

Santa Felicidade Suave 2018
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo