Beber refrigerante pode causar doenças crônicas no rim, diz estudo

Por Rodrigo Almeida

Um estudo científico da Escola de Saúde Pública John Hopkins Bloomberg seguiu os hábitos de mais de três mil pessoas por mais de 10 anos.

Todos os participantes tinham funções renais saudáveis no início do estudo e a ideia era observar o impacto de bebidas açucaradas no longo tempo.

Os pesquisadores analisaram o consumo utilizando um questionário entre os anos 2000 até 2004, e acompanharam os participantes de 2009 até 2013.

O consumo de refrigerantes, bebidas açucaradas e água foram associados com maior risco de que desenvolver doenças crônicas renais.

Resultados

Participantes inseridos no grupo mais grave da pesquisa, dos que consumiam bebidas açucaradas com frequência, apresentaram 61% de risco de desenvolver doenças renais.

A pesquisa também levou em consideração outras variáveis, como porcentagem de massa corporal, níveis de colesterol no sangue, histórico de doenças cardiovasculares, idade e sexo.

Um fator que surpreendeu os pesquisadores foi encontrar a relação do consumo de água como um possível causador de doença renal.

Apesar de alguns dados indicarem isso, não foi possível verificar o consumo de águas aromáticas, açucaradas ou as marcas mais consumidas pelos participantes.

O estudo pioneiro

Batizado de Jackson Heart Study, a pesquisa é responsável pela disseminação de conhecimento e prevenção de doenças cardiovasculares na comunidade negra dos Estados Unidos.

Os resultados foram publicados no Jornal Clinico da Sociedade Americana de Nefrologia (CJASN), e entram no crescente rol de estudos que advertem o consumo excessivo de bebidas açucaradas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo