Casinha antirruído para pets permite ambiente confortável

Por Metro Jornal

Em um futuro breve é bem provável que cães e gatos não sofram mais em períodos de comemorações barulhentas, como ocorre durante o estardalhaço típico da virada do ano. Ao menos é essa a ideia de uma empresa automobilística que desenvolveu um espaço especialmente silencioso para os animais de quatro patas.

Leia mais:
Retrospectiva 2018: Um ano em chamas; relembre os principais acontecimentos
Veja o que abre e o que fecha em São Paulo no feriado

Batizado de “Quiet Kennel” (ou “Canil Tranquilo” em português), o projeto, desenvolvido pela norte-americana Ford, é uma casinha para cachorros com uma tecnologia antirruído já utilizada em alguns veículos da marca.

A casinha capta os ruídos por microfones externos e emite nos alto-falantes do espaço interno frequências sonoras opostas para cancelar ou reduzir o barulho. Além disso, ela ainda conta com paredes com isolamento acústico, piso redutor de vibração e ventilação à prova de som.

A preocupação da empresa com os bichinhos faz todo sentido. Eles realmente sofrem com o excesso de barulho. “Isso ocorre porque a audição dos animais é sensível a sons muito mais distantes e de uma frequência mais ampla que a humana, o que torna os fogos de artifício, por exemplo, especialmente temidos pelos pets”, informa o adestrador inglês Graeme Hall.

No caso da casinha da Ford, a ideia teve inspiração em uma tecnologia já existente para tornar a cabine dos veículos mais silenciosa. “Nós nos perguntamos como as tecnologias usadas nos nossos carros podiam ser aplicadas em outras situações e identificamos que os cães ficariam mais confortáveis com a aplicação do nosso sistema de controle ativo de ruído”, diz Lyn West, gerente de Comunicação de Marketing da Ford Europa.

O protótipo ainda não tem data para ser lançado comercialmente, enquanto isso a empresa estuda a viabilidade econômica de produção.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo