Proteína extra no café da manhã pode ajudar a controlar a fome, diz estudo

Por Rodrigo Almeida

Pesquisadores designaram a 32 adultos comer um café da manhã rico em proteína para medir o nível de saciedade e quais os benefícios desse hábito. O estudo foi publicado no Diário da Ciência do Leite.

Os participantes poderiam escolher qual tipo de desjejum eles tomariam: duas medidas de cereal com alta concentração de carboidratos com uma mistura de uma xícara de leite comercial totalizando 13 gramas de proteína, ou uma xícara de leite integral com whey protein (um suplemento de proteínas) contendo 28 grmas de proteína.

Depois de 3 horas os participantes tiveram o sangue testado pela equipe de cientistas e responderam um questionário sobre a o nível de fome que eles apresentavam.

Os resultados mostraram que quem consumiu mais proteínas no café da manhã tinha menos glicose acumulada na corrente sanguínea e apetite reduzido.

Proteína demora mais para ser digerida que os carboidratos e pode suprimir a fome por mais tempo. Isso explicaria a diferença. Além disso, os cientistas observaram que o grupo que consumiu mais proteínas teve menos fome durante o dia todo.

Essas análises podem ajudar pessoas que sofrem com fome nos intervalos entre refeições e precisam de ajuda para manter ou perder peso. Apesar de ter usado proteína do leite, os pesquisadores asseguram que outros tipos de proteína serviriam do mesmo jeito.

LEIA TAMBÉM:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo