Geminídeas: Como observar ao vivo e pela internet a chuva de meteoros mais espetacular de 2018

Por Rodrigo Almeida

Prepare-se para ver a Geminídeas, a chuva de meteoros anual que dá show na terra desde o século 19. Este fenômeno tem o auge sempre no mês de dezembro e este ano será mais visível entre os dias 14 e 15.

O pico começa às 10h30 do dia 14 e deve durar 24 horas. O evento será melhor visualizado no hemisfério norte, mas também pode ser visto no hemisfério sul. No auge, será possível ver cerca de 100 a 120 meteoros por hora em condições perfeitas de visibilidade.

A chuva de meteoros é visível quando pequenos fragmentos de cometas colidem com a atmosfera do nosso planeta. Segundo Miguel Serra-Ricart, administrador do Observatório de Teide, os fragmentos da Gemínideas são mais lentos que de outras chuvas, como as Persíadas. Por isso é mais simples vê-los a olho nu.

Como observar as Geminídeas e transmissão ao vivo online

A chuva de meteoros Geminídeas pode ser vista no auge a partir das 20h30 (horário de Brasília) do dia 14 de dezembro. O observatório de Teide, em Tenerife, na Espanha, vai transmitir ao vivo a chuva de meteoros para pessoas que estiverem em áreas urbanas e não puderem apreciar o espetáculo.

A Nasa, agência espacial norte americana, fez um transmissão tirando dúvidas dos espectadores no dia 11 de dezembro. O vídeo é em inglês e pode ser acessado no facebook da instituição. Para as pessoas que preferem a experiência real, a melhor dica é ir para zonas rurais com a menos influência de luz artificial possível.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo