Estados Unidos e Canadá recomendam não comer alface por causa de bactéria

Por Rodrigo Almeida

Uma epidemia de E.coli está fazendo com que os governos do Estados Unidos e Canadá alertem os cidadãos a não comer alface nas próximas semanas. Até agora 32 pessoas forma contaminadas com a bactéria em 11 estados norte-americanos.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, pessoas, restaurantes e pequenos mercados devem evitar a alface e jogar fora o que compraram. Até aqui 18 pessoas foram contaminadas no Canadá.  Nas províncias de Quebec e Ontário, foram reportadas infecções alimentares provocadas pela Escherichia Coli.

A alface é a responável

O atual surto de E. Coli segue outro também relacionado com a alface romana, que provocou cinco mortes e mandou mais de 200 pessoas para o hospital no verão americano e se estendeu ao Canadá.

A bactéria vive nos sistemas digestivos de seres humanos e outros animais, alguns tipos dela são mais prejudicais e outros não causam mal nenhum. Os tipos de E. Coli  mais perigos podem causar náuseas, diarreia, sangramentos e, em casos mais graves, a morte.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo