Três características simples que podem revelar que uma pessoa é infiel

Por Victória Bravo

A infidelidade é uma grande preocupação em relacionamentos monogâmicos e tradicionais. Justamente por isso, diversos estudos são desenvolvidos sobre o tema.

Em um artigo no portal Psicology Today, a Ph.D. em psicologia Madeleine A. Fugère, reuniu alguns estudos que prometem revelar um pouco sobre as “caraterísticas” que os infiéis compartilham.

Confira três pontos que fazem alguém ser mais propenso a cometer uma infidelidade:

  1. Parece infiel?

Pode soar simples demais, mas acredite: nossas primeiras impressões podem ser bastante precisas e informativas, mesmo quando baseadas em informações limitadas.

Uma pesquisa mostra que as mulheres podem detectar com precisão se os homens foram infiéis com as suas parceiras apenas olhando para as fotografias faciais.

Rhodes e seus colegas (2012) pediram a homens e mulheres que julgassem fotografias faciais de membros do sexo oposto e que avaliassem a probabilidade de que pessoas naquelas fotos tenham sido infiéis no passado.

Eles também coletaram dados das pessoas que apareceram nas fotografias, focados no histórico do seu relacionamento anterior.

Gif Reprodução / Giphy

Supreendentemente, as mulheres podiam identificar precisamente quais homens haviam sido infiéis no passado e pareciam usar a masculinidade dos homens como uma pista chave; de fato, os homens com características faciais mais masculinas eram mais propensos a infidelidade.

O sexo masculino, no entanto, não identificou com precisão a infidelidade no passado das mulheres.

Enquanto eles acreditavam que mulheres atraentes e femininas eram mais propensas a serem infiéis, essas mulheres não necessariamente traíam seus parceiros.

Esse método não funcionará 100% do tempo, mas confie no seu instinto: se você acha que um parceiro em potencial provavelmente será infiel, talvez esteja captando alguns sinais sutis, mas confiáveis.

  1. Ele ou ela tem uma voz sexy?

Os homens suspeitam que as mulheres com vozes muito femininas são mais propensas a serem infiéis, e as mulheres esperam que homens com vozes muito masculinas sejam mais propensos a serem infiéis (O'Connor et al., 2011).

Essas expectativas são válidas: homens e mulheres com vozes atraentes tendem a ter mais parceiros sexuais e são mais propensos a serem infiéis (Gallup e Frederick, 2010).

Gif Reprodução / Tumblr
  1. Ele ou ela tem um problema com drogas ou álcool?

Pessoas que relatam problemas com a bebida também são mais propensas a enganar os seus parceiros.

Pesquisadores sugerem que a falta de controle de impulsos ou de autocontrole pode contribuir tanto para os problemas com drogas e álcool quanto para uma maior probabilidade de infidelidade.

O consumo de álcool também pode estar relacionado a uma maior probabilidade de flertar com outras pessoas do que o parceiro principal.

Além dessas possíveis “pistas” para reconhecer alguém infiel, as pesquisas revelam algumas características que ajudam as pessoas a terem relacionamentos mais leais:

  • Ser semelhante ao seu parceiro, especialmente em áreas de origem religiosa e educacional, diminui a probabilidade de sofrer infidelidade (Fincham e maio de 2017).
  • Parceiros menos narcisistas e com mais consciência traem menos (Brewer et al., 2015, Buss e Shackelford, 1997).
  • Quando ambos os parceiros trabalham, em vez de apenas um, o risco de infidelidade também é reduzido (Fincham e maio de 2017).
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo