Cafeína: como esse estimulante do café pode ajudar a aliviar a dor

Por Rodrigo Almeida

A cafeína é sem dúvida um dos estimulantes mais apreciados pelos brasileiros. Começar o dia com uma xicara de café é a rotina ideal para milhões de trabalhadores. No entanto, agora há um motivo científico para toma-la: O café protege da dor.

Uma nova pesquisa desenvolvida por cientistas da Universidade do Alabama assegura que o consumo regular de cafeína é associado a alterações no processamento dos sinais de dor.

Esse trabalho sugere que a dieta por ser uma ferramenta útil para diminuir a sensibilidade à dor e ajudar as pessoas a controla-la. Segundo Burrel Goodin, professor responsável pelo estudo ainda se sabe pouco sobre o impacto da cafeína relacionada às experiências de dor.

A pesquisa equipou 62 pessoas com sensores e os fez consumir cafeína. Dessa forma todos os indivíduos apresentaram diminuição na sensibilidade ao calor e a pressão. Em seguida uma dieta de consumo diário foi criada para que eles a seguissem.

Os resultados mostraram que cada 100mg de cafeína dia consumido equivalem a 5°C de variação de temperatura ao calor. Assim como 31,2 quilos pascais de variação de pressão aplicada.

O calor foi aplicado no antebraço, enquanto a pressão foi aplicada no musculo do trapézio. A pesquisa pode ser importante para futuros avanços no entendimento da dor.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo