Confira dicas para ter um jardim em seu apartamento

Por Metro Jornal

Qualquer comida fica mais saborosa quando se usa ingredientes frescos – o gosto fica ainda mais especial se colhidos na horta de casa. Mas se você não mora em um lugar com quintal, não pense que terá de se privar desse pequeno prazer: é possível manter uma hortinha também em apartamentos.

Como a maior parte dos apartamentos não costuma ter muita abertura para a entrada de luz solar, nem muito espaço para a disposição da horta, o mais indicado é o cultivo de ervas aromáticas e temperos.

Jardim no apartamento Vaso com salsinha

“Uma pessoa sem muito tempo para cultivar pode optar por plantas como hortelã, manjericão e salsinha”, diz o paisagista Eduardo Mera.

O cultivo dessas plantas não tem muito mistério: é necessário apenas aguá-las com alguma periodicidade (basta regá-las quando a terra estiver seca, com o cuidado de não encharcar muito o vaso) e deixá-las expostas a um pouco de luz solar (leia no texto ao lado). Coentro, cebolinha, alecrim e algumas variedades de pimenteiras (como a malagueta) também são plantas indicadas a quem não tem muito tempo ou paciência para dedicar muitos cuidados.

Mas seria adequado ter dentro do apartamento pés de frutas? A paisagista Renata Villar diz que alguns tipos de plantas frutíferas podem ser cultivados sem problemas. “As mais usadas são os pés de jabuticaba, romã, pitanga e laranjinha kinkan. Mas nunca em vasos pequenos”, alerta. Eduardo Mera concorda: “É necessário respeitar o sistema radicular, ou seja: são plantas que precisam de vasos compatíveis a suas raízes.”

Mas se temperos e frutas se adaptam à vida em apartamentos, o mesmo não se aplica a legumes e verduras, pois requerem maiores cuidados, segundo Renata Villar.

Algumas variedades, porém, como o tomate-cereja, são de fácil cultivo.

Jardim no apartamento Horta em apartamento projetada pela paisagista Renata Villar, com manjericão, pimenta e hortelã

Hortaliças precisam de 4 horas de sol por dia

Não são todos os apartamentos que têm um espaço mais arejado para abrigar uma horta. Mas é possível cultivar hortaliças em áreas internas, desde que atentando para alguns cuidados.

“É necessário que a planta esteja próxima de uma janela ou de uma fonte de luz natural. Para o plantio de temperos e hortaliças, é preciso que se tenha pelo menos 4 horas de sol por dia”, explica o paisagista Eduardo Mera.

E a proximidade de uma janela é essencial também por outro motivo. “É importante que a planta receba ventilação natural”, diz Mera. Mas a paisagista Renata Villar alerta: “Só é preciso cuidado com as correntes de ar. Os temperos não costumam suportar ventos”.

Muitas pessoas preferem juntar várias plantinhas e ervas em um mesmo vaso ou em um mesmo canteiro. Pode até ficar bonito, mas em termos práticos, talvez não seja a melhor das ideias. “A pessoa pode juntar as plantas no mesmo local, mas por questão de facilidade no manuseio e manutenção. O ideal é que o plantio dos temperos e hortaliças sejam feitos em vasos separados”, aconselha Mera.

Três plantas para seu apartamento

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo