Ford Ka 2019 passa a ser oferecido em inéditas versões com motor 1.5 de três cilindros

Por AutoPapo.com.br

A primeira geração do Ford Ka foi apresentada em 1997 e até hoje já foram vendidas 2 milhões de unidades. A nova geração do Ford Ka foi desenvolvida no Brasil em 2014 e está disponível atualmente em 125 países. Agora, o Ka 2019, nas configurações hatch e sedã, traz ligeira alteração de estilo, novidades e alterações mecânicas, reforços estruturais e mais conectividade. Os preços vão de R$ 45.490 a R$ 70.990.

O desejo dos consumidores no segmento dos carros compactos este ano, segundo a Ford, é a conectividade com 50% da preferência, seguido da transmissão automática com 30%. A linha 2019 traz o sistema de conectividade Sync 3 com tela tátil flutuante de 6,5 polegadas na parte superior do painel, exceto nas versões de entrada; transmissão automática de seis marchas desde a segunda versão, que custa R$ 500 a mais que primeira, e a versão FreeStyle aventureira na carroceria hatch.

O para-choque muda um pouco, com melhoria do fluxo de ar acima da caixa de roda e na lateral; grade com novo tamanho para melhorar refrigeração e diminuir arrasto e defletor para desviar fluxo de ar dos componentes. Vincos laterais e base de porta mudaram.

Estrutura reforçada com aços especiais para melhorar desempenho em colisões. O Ka anterior teve desempenho ruim no teste de impacto do Latin NCAP. Rigidez torcional aumentou 5,3% no hatch e 9,2% no sedã, segundo a Ford. Motor 1.5 de três cilindros de maior potência substitui o Sigma 1.5 de quatro cilindros.

Ford Ka Conectividade é o maior atrativo / | Ford/Divulgação

Além disso, amortecedor dianteiro com stop hidráulico e coxins com amortecimento hidráulico no motor 1.5. É menor a transmissão de impactos ao volante e dá mais sensação de segurança em velocidades maiores. Direção com nova calibragem para equilibrar conforto, controle e estabilidade, ficando 24% mais confortável e reduzindo impactos ao volante em 28% em relação ao Ka 2018. A Ford anuncia ainda mais conforto acústico de rodagem com reforços estruturais na carroceria e nova calibragem da suspensão.

Versões mais caras têm controles de tração e estabilidade, airbags laterais e de cortina, câmera de ré e assistente de partida em rampa.

Motor 1.0 tem 80 cv de potência com gasolina e 85 cv com álcool. Enquanto o 1.5 tem 128 cv com gasolina e 136 cv com álcool. O câmbio manual tem dupla sincronização da 1ª à 3ª marcha e ré sincronizada.

No test-drive foi possível perceber que a direção está mais firme e que o motor 1.5 de três cilindros dá ao Ka 2019 desempenho muito bom e bem superior ao anterior 1.5 de quatro cilindros.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo