É possível prevenir uma infidelidade? Pesquisa revela atitudes que podem impedir uma traição no relacionamento

Por Victória Bravo

Seu relacionamento também é uma preocupação pra a ciência e a psicologia. Não é à toa que existem diversas pesquisas sobre as técnicas para reduzir a infidelidade, conhecidas como "proteção de parceiro" ou "táticas de retenção de parceiros".

Em um artigo, o Ph.D. em psicologia social e personalidade Jeremy Nicholson, analisou duas investigações após uma extensa pesquisa sobre conservação e táticas de retenção de parceiros.

Ambas foram realizadas por Buss. No primeiro experimento o autor categorizou diferentes tipos de táticas e no segundo determinou a eficácia de cada uma delas.

Entre as técnicas observadas se destacavam algumas como a manipulação emocional, controle de comportamentos e tempo do parceiro, melhora da aparência física e demonstração de carinho.

Resultados da pesquisa

GIF Reprodução / Giphy

O estudo revelou que, quando as pessoas tentam impedir que um amante ou cônjuge cometa uma infidelidade, elas frequentemente iniciavam comportamentos negativos, como atitudes controladoras e possessivas.

Entre elas:

  • Bisbilhotar a vida do parceiro.
  • Persegui-lo.
  • Demonstrar ciúme.
  • Ameaçar com dar o troco.
  • Implorar.

O resultado foi que todas essas técnicas NÃO foram as mais eficazes para impedir a traição. Na verdade, elas não contribuíam em nada para um relacionamento feliz e bem-sucedido.

Os  comportamentos que ajudaram nesse caso foram:

Enfatizar o amor e o cuidado

Este é um dos comportamentos mais eficazes relatados – tanto para homens, como para  mulheres.

Transmitir amor e cuidado a partir de gestos e declarações verbais, aumentou os sentimentos de conexão e atração, reduzindo a probabilidade de traição.

Aprimoramento da aparência física

Também foi descoberto que melhorar seu aspecto ajudava a manter a atenção do parceiro (a).

Recompensá-los

Um presente significativo e uma maior atenção sexual tendia a manter os parceiros mais fieis também. Portanto, uma pessoa que recompensasse o comportamento fiel do seu parceiro, com a saída ocasional ou um gesto romântico, conseguia mantê-lo mais feliz – especialmente no caso das mulheres.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo