Cerveja é responsável por até 14% do gasto do brasileiro, diz estudo

Por Metro Jornal

Dizer que brasileiro gosta de cerveja não é nenhuma novidade; basta lembrar de todos os momentos em que a bebida foi a melhor companhia naquele rolê. Agora, falar que a gente gasta até 14% do nosso salário bebendo é algo que impressiona.

Leia mais:
Três motivos que explicam por que seus relacionamentos não estão dando certo
2 em cada 3 internautas nunca doaram sangue; saiba como fazer

O portal Cuponation, em parceria com o banco alemão Deutsche Bank, conduziu um estudo para descobrir como é o consumo de cerveja ao redor do mundo. No Brasil, descobriu-se que a gente bebe, em média, 6 litros por mês. Isso quer dizer que, em São Paulo, pode chegar a até 14% do salário mínimo. Já no Rio, a 'cerva' pode comprometer até 11% do salário.

O estudo foi realizado em 48 cidades diferentes, em todo o mundo, e levou em consideração os preços nos bares mais caros das cidades e em dólares. O lugar onde a cerveja é mais cara é em Dubai, onde meio litro custa aproximadamente R$ 46. Oslo, a capital da Noruega, vem na sequência, onde a mesma quantidade custa R$ 39. No Brasil, o preço varia entre R$ 14 e R$11.

Quer se revoltar um pouco? Os tchecos, campeões mundiais no consumo de cerveja, comprometem bem menos o salário (7%) que os brasileiros, mas bebem o dobro (cerca de 12 litros por mês) do que a gente toma por aqui.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo