Chegou a estação da sopa! Capriche nas receitas, mas atenção às calorias escondidas

Por Metro Jornal

Para os dias e noites mais frios, existem opções bem mais nutritivas que o convidativo queijo quente. A sopa, por exemplo, é uma delas, pois mantém no caldo muitos dos nutrientes que seriam desperdiçados em outras formas de preparo. Mesmo em climas mais quentes, a sopa pode ser uma boa opção, pois, com as massas de ar seco se aproximando nesta época do ano, ela garante a ingestão de líquidos para o bom funcionamento do organismo – e ainda ajuda a evitar a famosa gripe.

Com isso em mente, é importante prestar atenção à variedade de ingredientes para não fazer uma refeição nutricionalmente pobre. Em sua maioria, as sopas levam alguma raiz em sua base. No Brasil, elas geralmente se dividem entre batatas e mandiocas, pela facilidade de acesso. Para quem está a fim de variar um pouco o prato, uma opção é experimentar com a batata-doce, ou ainda, a mandioquinha.

A nutricionista Viviani Fontana recomenda incluir leguminosas como lentilha, grão de bico ou soja. Segundo ela, “são ricas em fibras, proteínas vegetais, ferro e cálcio”. Entre os vegetais interessantes para compor uma combinação, estão o espinafre e o brócolis.

Com relação às gorduras, se for adicionar carne, é importante prestar atenção à quantidade: prefira poucas fatias e cortes magros. Para a nutricionista Inari Ciccone, as carnes mais interessantes são: frango, músculo, patinho e lombo. Cuidado com linguiças, bacon e carne seca: é importante lembrar que as gorduras irão se desprender na água de cozimento. O azeite só vai no final. Para não perder suas propriedades, adicione-o em quantidades moderadas antes de servir.

Lembre-se de cozinhar os alimentos em ordem. Primeiro vão os grãos, que são mais duros e demoram mais para cozinhar. Em seguida, os legumes mais duros, como cenoura, abóbora, mandioca. Desde que bem limpos com uma escova e água corrente, alguns podem ser postos com casca mesmo, para preservar os nutrientes que se encontram nessa camada. Por fim, vão os vegetais e folhas verdes, como, por exemplo, a couve.

Lembre-se que a finalização merece atenção: alho frito, pedaços de pão torrado, cebolinha ou queijo ralado podem ajudar a trazer ainda mais variedade ao prato.

Confira duas receitas deliciosas:

SOpas
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo