Vício em videogames passa a ser classificado como doença pela OMS

Por Metro Jornal

A OMS (Organização Mundial da Saúde) classificou oficialmente, na última segunda-feira (18), o vício em videogames como um dos possíveis problemas de saúde mental. A decisão já havia sido anunciada em janeiro deste ano e agora conta na 11ª CID (Classificação Internacional de Doenças).

Leia mais:
Imagens fortes: Corpo de mulher é encontrado dentro de píton de sete metros
OAB quer que Tribunal de Ética analise vídeo de torcedores na Rússia

A descrição da OMS informa que o "distúrbio de games" é a compulsão por jogos eletrônicos como um padrão de comportamento persistente ou recorrente, de forma tão intensa que se torna a prioridade da vida da pessoa.

A expectativa é que, com a classificação, fique mais fácil identificar os riscos desse tipo de distúrbio, legitimar o problema e buscar as melhores formas de tratamento. Mesmo assim, a OMS informa que essa é uma doença muito rara, atingindo apenas 3% dos gamers.

O manual de classificação do CID reconhece cerca de 55 mil doenças, lesões e causas de morte.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo