Aplicativo detecta abusos e envia pedido de socorro automaticamente

Por Metro Jornal

Nem sempre as vítimas de violência urbana são capazes de reagir e pedir ajuda a tempo. Contudo, um aplicativo norte-americano chamado Ulzi promete, com o auxílio da inteligência artificial, detectar abusos e enviar socorro sem que a pessoa pressione um único botão.

O aplicativo, por meio de ferramentas como o acelerômetro e o GPS do smartphone, detecta se o usuário está submetido a qualquer tipo de violência física e notifica amigos, família e até mesmo a polícia.

Smartphones modernos estão constantemente coletando e processando informações dos sensores de posição. De acordo com Hannah Joslin, diretora de comunicações do Ulzi, o aplicativo se utiliza desses dados, analisa utilizando algoritmos desenvolvidos por profissionais de segurança e –caso o aplicativo acredite que você está em perigo – ele envia uma contagem regressiva para o usuário perguntando se está tudo bem.

Se não estiver, o aplicativo envia ajuda. Para isso, a novidade é o que a empresa chama de “crowdsouced safety”, o que significa que o aplicativo irá notificar não só família, amigos e instituições de segurança, mas também usuários próximos que poderão responder ao chamado e gravar o incidente através do aplicativo.

Ulzi (disponível em: ulzi.com) ainda está em fase de testes, e deve ser lançado em julho de 2018 em nível mundial, com recursos obtidos por financiamento coletivo na plataforma indiegogo.com. Outros três aplicativos de segurança já estão disponíveis no Brasil.

Vale checar: SmartWatcher, que envia notificação para rede de amigos; ReactMobile, funciona em conjunto com um “botão de pânico” caso o celular não esteja acessí- vel e o bSafe: ativa a câmera e o microfone, quando o alarme está ativado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo