Comprar um leitor de livros digitais vale a pena?

Por Metro Jornal

Mesmo pequena, a diminuição do percentual de desconto e o aumento do custo médio dos livros, de acordo com a pesquisa "Painel das Vendas dos Livros no Brasil", pode levar o consumidor a se questionar: vale a pena comprar um leitor de livros digitais?

A plataforma de descontos Cuponation, pertencente à alemã Global Savings Group, compilou no infográfico interativo o estudo que calcula uma estimativa do retorno do valor investido no aparelho de acordo com a frequência de leitura. O levantamento simula o retorno com os 6 principais aparelhos vendidos nas maiores livrarias do Brasil.

Clique aqui e veja se compensa você comprar um e-reader

O relatório "Painel das Vendas dos Livros no Brasil", elaborado desde 2015 pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen, aponta um aumento de volume de vendas em 8,76% de janeiro até fevereiro de 2018 comparado ao mesmo período do ano passado, de 11 milhões para 12 milhões de livros vendidos, e um aumento de 14,28% no faturamento no mesmo período citado, de R$ 514,6 milhões para R$ 588 milhões.

Dentre alguns fatores que justificam o aumento das compras, as ações do Dia do Consumidor (15 de março), data importada do varejo que vem estrategicamente como alavanca do comércio no início do ano, contribuíram para incentivar o consumidor a adquirir novos exemplares, apesar do desconto médio oferecido pelas lojas ter diminuído 1,37%, de 23,58% para 22,21%.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo