Adoçantes artificiais podem contribuir para diabetes, diz estudo

Por Wellington Botelho

Um estudo americano sugere que consumir grandes quantidades de adoçantes artificiais pode contribuir para o desenvolvimento de diabetes tipo II, tanto quanto o consumo de açúcar.

Cientistas da Universidade do Wisconsin-Madison e da Universidade Marquette passaram três semanas estudando ratos que já eram suscetíveis a desenvolver diabetes. Eles alimentaram um grupo com dieta rica em glicose e frutose (açúcares) e o outro, aspartame e acessulfame de potássio (adoçantes).

Após o período experimental, verificou-se que os ratos que tinham consumido uma carga de adoçantes sintéticos exibiram "alterações bioquímicas no sangue que poderiam levar a alterações no metabolismo de gordura e energia".

Em comparação com dietas açucaradas que podem prejudicar a capacidade do corpo de regular a insulina de forma eficaz, o principal autor do estudo, Brian Hoffman, disse que os adoçantes artificiais podem induzir o corpo a pensar que está recebendo calorias. E isso pode afetar nossa capacidade de produzir insulina também.

A pesquisa está sendo apresentada na conferência Experimental Biology 2018 em San Diego este ano, onde especialistas discutirão suas descobertas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo