Perder dois ou mais dentes pode significar mais chances de ter doenças cardíacas, diz estudo

Por Wellington Botelho

As pessoas que perdem dois ou mais dentes durante a meia-idade podem ter maior probabilidade de desenvolver doenças cardíacas, confirmou um estudo apresentado na Associação Americana do Coração. O trabalho foi realizado com cerca de 61.000 adultos entre 45 e 69 anos.

O risco de doença cardíaca aumentou em quase um quarto entre os adultos que tinham entre 25 e 32 dentes naturais no início do estudo,  maioria dos adultos têm 32, mas perdeu dois ou mais. O risco aumentou ainda mais depois que os pesquisadores levarem em consideração a  dieta, nível de atividade física, peso corporal, hipertensão e outros fatores de risco.

Perder apenas um dente durante o estudo não foi associado a um maior risco da doença, mas aqueles que já tinham menos de 17 dentes naturais no início do estudo eram 25% mais propensos a desenvolvê-la.

A perda de dentes é um sintoma de má saúde bucal e sugere um indicador de maior risco de doença cardíaca.  A pesquisa sugere que a perda dentária está relacionada à inflamação e mudanças ruins na dieta, que podem ser indicadores de um futuro risco cardiovascular.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo