Motorola apresenta novas linhas de smartphones Moto G6 e E5

Por Tercio David - Metro Jornal

A Motorola lançou nesta quinta-feira, em São Paulo, a sua nova família Moto G6, os smartphones intermediários da marca. O evento também serviu para a apresentação de dois novo aparelhos da linha E5, considerado modelo entrada, mas um pouco acima dos Cs.

O preço da linha G6 é compatível ao dos concorrentes da mesma faixa: R$ 1099, R$ 1299 e R$ 1599, respectivamente, para o G6 Play, G6 e G6 Plus, que já estão nas lojas. O E5 e o E5 Plus não tiveram seus preços e nem a data de lançamento divulgados.

Os celulares são diferentes entre si, mas não existe uma característica específica que os diferencie. As particularidades estão no conjunto dos telefones, apesar da própria Motorola fazer uma tentativa de caracterizar cada um deles: Moto G6 Play, o modelo simples tem bateria de alta capacidade; Moto G6, com hardware de smartphone intermediário; e Moto G6 Plus, mais parrudo, tem 4 GB de RAM e armazenamento de 64 GB interno.

Assim como os novos G6, G6 Play e G6 Plus, os E5 e E5 Plus vêm com os poderosos processadores Qualcomm SnapdragonTM e a versão AndroidTM 8.0 OreoTM. Todos os modelos com as Experiências Moto, que permitem ações de inteligência artificial.

Processador Processador Qualcomm Snapdragon / Divulgação

Câmera e inteligência artificial

No Moto G6 Plus, a câmera dupla inteligente permite tirar fotos mais criativas, graças a tecnologia Dual Autofocus Pixel. A à sua grande abertura de f/1,7 e pixel de 1,4 micrômetro (μm) permite sbter bons resultados, mesmo em baixa luminosidade e o sistema também permite escanear textos e reconhecer pontos turísticos e objetos.

A tecnologia de carregamento ultrarrápido TurboPowerTM, que garante horas de bateria com apenas alguns minutos de recarga. O aparelho ainda vem com aplicativo sintonizador de TV digital HD, já integrado.

Moto G6 Plus No Moto G6 Plus, o sensor de impressão digital fica na parte frontal / Divulgação

O G6 conta com acabamento premium que inova em sua categoria. A parte de trás do moto g6 também foi construída com vidro 3D, onde fica o sensor de impressão digital. O seu software de câmera dupla inteligente permite tirar fotos artísticas com qualidade de estúdio, incluindo efeitos de desfoque e preto e branco, além de efeitos animados que ganham vida com a câmera frontal de 8 MP com flash de LED.

No Moto G6 play, a aposta é a na economia de bateria. Com potência de 4.000 mAh, o equipamento foi projetado para durar o dia inteiro, além de contar a tecnologia de carregamento total ultrarrápido, de apenas alguns minutos, segundo o fabricante. O modelo ainda oferece um poderoso processador octa-core de 1,4 GHz, que entrega a velocidade necessária para acessar fotos, aplicativos e muito mais, sem travamentos.

Moto G6 Câmara traseira, com sensor de impressão digital do Moto G6 Plus / Divulgação

Vida longa e mais entretenimento

Com sua potente bateria de 5.000 mAh, e a ampla tela Max Vision de 6 polegadas, o Moto E5 Plus é uma boa para quem passa muito tempo fora de casa – ou em lugares onde não é possível recarregar. O irmão menor, o Moto E5, tem a mesma pegada, embora um pouco menor, com display de 5,7 polegadas e uma bateria de 4.000 mAh.

Moto E5 Plus Moto E5 Plus é leve e de fácil manuseio / Divulgação

Um pouco de história

Há cinco anos, a Motorola revolucionou o mercado ao criar o segmento de smartphones intermediários, oferecendo aparelhos surpreendentes por um preço acessível para um número maior de pessoas. Ao lançar o primeiro Moto G, a empresa apresentou um celular que se tornaria o smartphone mais vendido da marca na história.

Na sequência, seguiu expandindo as fronteiras dos aparelhos com excelente custo-benefício, com o lançamento da família Moto E, um smartphone completo por um preço justo. Em termos de preço e qualidade, fica entre as família C (de entrada) e a G (intermediário).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo