Facebook usa jornais para se desculpar por violação de dados

Por Ansa

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, publicou um pedido de desculpas em jornais dos Estados Unidos e do Reino Unido pelo caso Cambridge Analytica, neste domingo (25).

Zuckerberg utilizou o espaço dedicado à publicidade para se redimir. Ele cita a "quebra de confiança" após o uso indevido de dados de 50 milhões de usuários da rede social.

Além disso, o CEO do Facebook apontou que não permite mais que outras companhias utilizem as informações das contas e que está realizando uma verificação das empresas para as quais a rede social permitiu o uso de dados.

"Nós estamos investigando cada aplicativo que teve acesso a grandes quantidades de dados antes de resolvermos isto. Nós imaginamos que tenham outros. E, quando nós os encontrarmos, vamos bani-los e avisar todos os afetados", diz o anúncio.

A empresa Cambridge Analytica é acusada de usar dados de usuários do Facebook, obtidos por um teste desenvolvido por um acadêmico, para fins políticos. A consultoria trabalhou para a campanha de Donald Trump e para grupos pró-Brexit.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo