Celebre a sexta-feira com pizza e sem culpa!

Nutróloga afirma que é importante preferir receitas preparadas com hortaliças e ingredientes leves

Por Metro Jornal

Quem não gosta de reunir a família e os amigos em casa e pedir uma pizza para confraternizar os bons momentos? E a notícia é boa: consumir a redonda em ocasiões especiais ou até uma vez por semana não faz mal.

Conversamos com uma especialista em nutrição e levantamos algumas informações importantes para fazer o pedido certo, levando em conta uma boa alimentação.

Segundo a nutróloga Jéssica Bassi, o segredo é comer a pizza com moderação. “O ideal é comer  até dois pedaços, mas só uma vez por semana. Também é importante saber escolher, no caso, preferir aquelas pizzas preparadas com ingredientes leves”, explica a especialista.

O que isso quer dizer, na prática?  Em vez de pedir todas as vezes aquela sua predileta com muita muçarela, calabresa e ainda borda de requeijão, pegue o cardápio e pense! Em muitas casas é possível substituir a farinha de trigo pela farinha integral ou quinoa. Ou ao menos optar pelas pizzas com recheio de hortaliças, como brócolis, abobrinha, rúcula, escarola e tomate, disponíveis em todas as pizzarias.

Também evite bordas recheadas e quantidades exageradas. Além de maneirar no número de fatias, outro ponto importante é a mastigação do alimento. “Quem come muito rapidamente acaba consumindo mais do que precisa. Procure mastigar bem os pedaços, sem pressa, pois assim você dá tempo para o organismo reconhecer que está satisfeito com a quantidade que foi ingerida”, ensina a nutróloga.

Segundo a profissional, manter uma rotina de atividade física aliada a alimentação saudável é a chave para manter a forma e a saúde.

1ª pizza foi feita para rainha da Itália

Você pede pizza toda semana… Mas sabe qual é a origem desse alimento que caiu no gosto dos brasileiros?

Os criadores da pizza foram os italianos, porém existem várias hipóteses para explicar a chegada do ancestral da pizza na Itália. A principal delas diz que, três séculos antes de Cristo, os fenícios colocavam no pão coberturas de carne e cebola. Mas o pão deles era similar ao pão sírio, redondo e no formato de disco, originando assim a pizza como conhecemos hoje.

Conta a história que, há 125 anos, o chef de cozinha Raffaelle Esposito recebeu a rainha da Itália. Como homenagem, ele preparou uma receita que levasse as cores da bandeira do país – branco (muçarela), verde (manjericão) e vermelho (tomate). A pizza ganhou o nome da rainha: Margherita de Savoy, originando assim o sabor marguerita. Todo mundo conhece, não é? Quem nunca… 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo