Sony pagará US$ 65 para quem comprou um PS3 Fat

Por Metro Internacional

Um processo de longa data contra a Sony por causa da funcionalidade removida do PlayStation 3 foi finalmente resolvido. A empresa deve compensar com US$ 65 todos aqueles que compraram um PS3 em seu modelo original até 2010.

A base dessa demanda é a possibilidade de instalar o Linux no console no momento de seu lançamento. No entanto, essa opção (chamada OtherOS) foi removida posteriormente com uma atualização de firmware. E, claro, as pessoas que não estão satisfeitas com a medida tomaram o caminho judicial.

Finalmente, a Sony concordou em pagar US$ 3,75 milhões para fechar o caso e os afetados podem reivindicar US$ 65 se atenderem aos seguintes requisitos:

  • Terem comprado o console FAT entre 1 de novembro de 2006 e 1 de abril de 2010 nos Estados Unidos.
  • A compra foi feita em um revendedor autorizado
  • Terem usado a opção de instalar o Linux ou pelo menos, ter conhecimento de que esta possibilidade existia

O prazo para enviar a solicitação é até 15 de abril de 2018 e o formulário pode ser enviado on-line no site da Sony (via CNET) ou no estilo antigo de enviá-lo no papel. Ao fazer isso, você perde todo o direito de processar a Sony pelo mesmo ou buscar um segundo acordo em relação à situação.

E assim, outro capítulo para a Sony fecha com o PlayStation 3, console que trouxe dores de cabeça suficientes (e compensações a pagar). Felizmente, o PS4 tem sido uma história diferente.

Clique aqui para acessar o site da Sony
Clique aqui para acessar o site da CNET

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo