Rússia quer ir para Marte já no ano que vem

Por Ansa

Às vésperas das eleições, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou o lançamento de uma "série" de missões à Marte e à Lua. "Estamos projetando lançamentos no espaço profundo. Primeiro sem tripulações e depois com humanos", declarou.

Ainda segundo o mandatário, haverá tanto um "programa lunar" como "um de exploração marciana". As viagens terão início em 2019, com o lançamento de uma missão para o "planeta vermelho".

Com relação ao satélite natural da Terra, seu interesse concentra-se nos recursos que existem nele. "Os nossos especialistas procurarão pousar perto das regiões polares, pois lá existe a possibilidade de encontrar água", disse.

Nesta mesma semana, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou que "o espaço é uma área de guerras de domínio" e sugeriu que o serviço militar norte-americano criasse uma nova "força espacial".

Além disso, o empreendedor Elon Musk, CEO da SpaceX, companhia aeroespacial dos Estados Unidos, anunciou planos de lançar um foguete para Marte até 2019.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo