Estudo oficial indica: Ayrton Senna é piloto mais rápido da história da Fórmula 1

Por Brenno Quadros

Um estudo oficial da Fórmula 1 classificou Ayrton Senna como o piloto mais rápido de todos os tempos. Na lista, divulgada pela ESPN, o brasileiro ficou à frente do alemão Michael Schumacher e do inglês Lewis Hamilton.

O estudo teve como objetivo comparar os pilotos ao longo das últimas quatro décadas para nomear o mais rápido com base apenas na velocidade. A Fórmula 1 usou a tecnologia do patrocinador Amazon Web Services (AWS) para chegar à conclusão e afirma que classifica todos os pilotos desde 1983, removendo da equação o desempenho relativo do carro.

Com uma metodolodia polêmica, a lista não inclui vários campeões do mundo, como Alain Prost, Nelson Piquet, Nigel Mansell, Mika Hakkinen e Kimi Raikkonen; mas inclui pilotos como Heikki Kovalainen e Jarno Trulli, que passaram grande parte de suas carreiras no meio de campo de suas equipes.

Detalhes exatos de como os resultados foram alcançados não foram fornecidos pela Fórmula 1, mas o sistema afirma usar uma matriz de dados para comparar os companheiros entre si ao longo de sua própria época e, em seguida, vinculá-los a outros companheiros de outras épocas. Com base nos dados, também é possível ver a diferença de tempos entre os pilotos, como se estivessem participando de um treino de classificação.

Williams Rob Smedley, ex-engenheiro da Ferrari, afirmou que as equipes utilizam estudos semelhantes para decidir quem contratar como piloto: "Dentro do ambiente da equipe, esse tipo de modelagem é usado para tomar decisões importantes sobre a escolha dos motoristas." Ele conclui: “Como os motoristas geralmente são o ativo mais caro da equipe, é importante que o processo de seleção seja o mais robusto possível."

Confira a lista abaixo:

Loading...
Revisa el siguiente artículo