Maratona de Paris reagendada para novembro é cancelada

Por Agência Brasil

A maratona de Paris deste ano foi cancelada, disseram os organizadores na quarta-feira (12), enquanto a França luta contra o ressurgimento da covid-19. A maratona deveria ocorrer originalmente em 5 de abril, mas foi adiada para 15 de novembro por causa da pandemia.

“Depois de ter tentado de tudo para manter o evento, nós, com a cidade de Paris, nos sentimos obrigados a cancelar a edição 2020 da Schneider Electric Marathon de Paris e do Paris Breakfast Run”, disseram os organizadores em comunicado.

A nota dos organizadores esclarece ainda que "diante da dificuldade que muitos corredores, principalmente os estrangeiros, tiveram em se colocar à disposição, decidiu-se que seria melhor para os interessados ​​se organizássemos a Schneider Electric Maratona de Paris em 2021". E conclui dizendo: "Estaremos trabalhando com a cidade de Paris para realizar uma edição de 2021 que reúna os corredores mais apaixonados nas ruas mais bonitas do mundo”.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Veja também:
Avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro morre com covid-19
Equipe econômica de Guedes sofre duas novas baixas

A maratona de Paris, um dos eventos mais populares do calendário global de corridas que rotineiramente atrai mais de 40.000 participantes, é a última a ser interrompida pela pandemia de covid-19.

Em junho, a Maratona da Cidade de Nova York foi cancelada, enquanto a Maratona de Boston também foi descartada pela primeira vez em seus 124 anos de história. Maratonas majors em Berlim e Chicago também foram canceladas, enquanto a Maratona de Londres, originalmente marcada para abril, foi adiada para 4 de outubro e será disputada apenas para elite.

A França relatou mais de 236.000 infecções e mais de 30.000 mortes por covid-19.

Loading...
Revisa el siguiente artículo