Covid-19 estraga o início do Brasileirão: São Paulo x Goiás é adiado

Por Metro Jornal

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro no fim de semana foi marcada por dezenas de jogadores testando positivo para o novo coronavírus, jogos suspensos e críticas aos protocolos criados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol)para as partidas.

Os jogadores do São Paulo chegaram a entrar em campo na tarde de ontem para enfrentar o Goiás na casa do adversário. Mas a partida precisou ser adiada após 10 jogadores do time goiano, 8 deles titulares, testarem positivo para a covid-19. Após contra-prova nos exames, 9 continuaram como positivo. A equipe precisou recorrer ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para garantir a suspensão da partida.

O presidente do Goiás, Marcelo Almeida, chamou de “falha grotesca” a divulgação dos resultados com menos de 24 horas de antecedência. “Hoje não foi um dia de concentração para o Goiás. Foi de desconcentração, estresse. Ninguém sabia se ia jogar ou não. Uma situação extremamente inusitada. Erros grotescos. É uma situação nova. Esperava equívocos menores, não tão catastróficas.”

A CBF disse que houve problema de logística com a empresa que realiza os exames, por isso os resultados em cima da hora. Pela Série C, o jogo entre Treze e Imperatriz-MA também foi suspenso após 12 dos 19 jogadores inscritos pela equipe maranhense testarem positivo.

A pandemia já havia prejudicado o Brasileirão com a proximidade dos calendários com as finais dos estaduais no sábado. Por conta disto, não jogaram no fim de semana o campeão paulista Palmeiras, o vice Corinthians e o Bahia, campeão baiano.

Onde a bola rolou

Entre as partidas que ocorreram, o destaque foi a derrota do campeão Flamengo para o Atlético Mineiro por 1 a 0 no Maracanã, com Filipe Luís marcando contra. A partida marcou a estreia dos técnicos Domènec Torrent pelos rubro-negros e Jorge Sampaoli no Galo.

Também sob novo comando, com o retorno de Cuca, o Santos ficou no empate com o Red Bull Bragantino por 1 a 1 em partida disputada na Vila Belmiro. Marinho marcou primeiro pelo Peixe, mas o Bragantino pressionou e conseguiu seu gol já aos 47 minutos do segundo tempo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo