Corinthians e Palmeiras derrubam zebras e vão decidir o Paulistão

Por Metro Jornal

Depois de tantas zebras no Campeonato Paulista desde a retomada em meio à pandemia do novo coronavírus (com classificações e eliminações surpreendentes), parecia difícil apostar que Corinthians e Palmeiras chegariam à final, mas foi isso o que aconteceu.

O Timão e o Verdão venceram neste domingo (2) seus adversários na semifinal e agora vão se enfrentar na decisão do estadual. O primeiro jogo entre os rivais será na quarta-feira (5), na Arena Corinthians, e o segundo no sábado (8), no Allianz Parque.

Corinthians 1 x 0 Mirassol

O primeiro a garantir lugar foi o Corinthians, que jogou na Arena às 16h contra o Mirassol – uma das muitas zebras desse Paulistão ao eliminar o São Paulo nas quartas.

O time do interior voltou a mostrar força contra um grande. A etapa inicial foi bastante disputada, mas poucas chances de gol. O segundo tempo seguia sem novidades até um cartão vermelho aos 14 minutos mudar tudo.

Juninho do Mirassol foi expulso após uma dividida. O arbitro Vinícius Araújo primeiro entendeu o lance como normal, mas foi chamado pelo VAR e na revisão interpretou o pisão como violento.

Aí o Timão se lançou. Aos 26 minutos, o volante Éderson abriu espaçou e chutou de fora da área. A bola parecia ir na direção do goleiro Kewin, mas ele não segurou.

O gol, o terceiro consecutivo de Éderson, deu mais do que a vitória por 1 a 0. Deu a confiança de que o time está dando a volta por cima.

Antes da parada por conta pandemia, o Timão corria risco de nem se classificar. Desde a retomada, venceu as quatro partidas que disputou, não tomou gols e agora pode até ser campeão – o que será seu quarto título seguido.

Palmeiras 1 x 0 Ponte Preta

Os palmeirenses se colocaram na final horas depois, em jogo contra a Ponte Preta, que começou às 19h, no Allianz. Assim como o Corinthians, o time de Campinas também estava em ascensão. Depois de quase ficar fora, passou, eliminou o Santos nas quartas, mas parou no Palmeiras.

A partida foi muito movimentada, com oportunidades dos dois lados. O Verdão levou mais perigo, porém pecava na finalização, ou parava no goleiro Ivan.

Isso até o volante Patrick de Paula se arriscar como meia. O jovem foi ao ataque aos 45 minutos do primeiro tempo, pegou uma bola de rebote e mandou para a rede.

O primeiro gol de Patrick como profissional garantiu o 1 a 0 e marcou uma mudança de postura do Verdão, que não andava convencendo e fez no domingo o seu melhor jogo desde a retomada.

Loading...
Revisa el siguiente artículo