Fórmula 1 cancela GP do Brasil em 2020 devido à pandemia de covid-19

Por Metro Jornal

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 em 2020 está oficialmente cancelado. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (24) pela organização do evento esportivo, devido à pandemia de covid-19.

Com a decisão, esta será a primeira temporada em 47 anos que o Brasil não recebe uma das etapas da competição. A prova no autódromo de Interlagos, em São Paulo, estava marcada inicialmente para o dia 15 de novembro. Para este ano, também foram canceladas as corridas no Canadá, Estados Unidos e México.

"Embora seja decepcionante não ser possível competir nas Américas este ano, estamos ansiosos para voltar na próxima temporada", afirmou a Fórmula 1, em nota oficial.

O retorno da prova em 2021 em Interlagos, porém, é incerto. O contrato entre a direção da categoria automobilística e o município de São Paulo tem previsão de término neste ano e ainda não foi renovado. Um projeto para um autódromo no Rio de Janeiro, apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, é candidato a tomar o lugar do circuito paulistano – mas as obras no local ainda não tiveram início.

Em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou que segue em negociação com a organização da Fórmula 1 para a prorrogação do contrato a partir do ano que vem. "Fomos notificados e respeitamos a decisão. Ao longo das últimas semanas, enviamos todos os dados à organização do evento mostrando que a realidade da cidade é bem diferente da brasileira. A projeção mostra que, em novembro, estaremos em uma situação melhor do que os países europeus que terão os prêmios", afirmou.

Temporada reduzida

Apesar do cancelamento das quatro corridas que seriam realizadas nas Américas em 2020, a organização da Fórmula 1 confirmou mais três etapas na Europa: Nürburgring (GP da Alemanha, em 11 de outubro), Portimão (GP de Portugal, em 25 de outubro) e Imola (GP da Emilia Romagna, em 1º de novembro).

Até o momento, 11 das 22 corridas do calendário original da Fórmula 1 não serão realizadas em 2020. Foram canceladas as etapas da Austrália, Holanda, Mônaco, França, Canadá, Azerbaijão, Singapura, Japão, Estados Unidos, México e Brasil. Outras quatro provas – Vietnã, China, Barein e Abu Dhabi – ainda terão o destino confirmado.

Calendário da Fórmula 1

GP da Áustria I – Spielberg
5 de julho

GP da Áustria II – Spielberg
12 de julho

GP da Hungria – Hungaroring
19 de julho

GP da Grã-Bretanha I – Silverstone
2 de agosto

GP da Grã-Bretanha II – Silverstone
9 de agosto

GP da Espanha – Montmeló
16 de agosto

GP da Bélgica – Spa-Francorchamps
30 de agosto

GP da Itália – Monza
6 de setembro

GP da Alemanha – Nürburgring
11 de outubro

GP de Portugal – Portimão
25 de outubro

GP da Emilia Romagna – Imola
1º de novembro

Loading...
Revisa el siguiente artículo