Time de futebol americano Washington Redskins muda nome após pressão antirracista

Por Metro Jornal com Ansa

Atendendo demandas já antigas de apoiadores e movimentos sociais, a equipe de futebol americano Washington Redskins anunciou, nesta segunda-feira (13), que irá mudar seu nome e logo nas próximas semanas.

As alternativas propostas para a mudança do nome da franquia incluem "Washington Senators", "Washington Warriors" e "Washington Red Tails".

LEIA MAIS:
Inglês de 12 anos é preso por fazer ameaças racistas a jogador de futebol

O nome atual, "redskins", é um apelido de conotação racista que pode ser traduzido para "peles vermelhas", e se refere à cor da pele de povos nativo-americanos. O clube recebeu o nome ao mudar sua sede, anteriormente Boston, para Washington, em 1933.

Este não é o único aspecto problemático da equipe, uma das mais tradicionais da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL). Seu fundador, o empresário George Person Marshall, era um conhecido defensor da segregação racial. O atual dono do clube, Dan Snyder, havia prometido em 2013 nunca mudar o nome dos Washington Redskins, apesar de já existirem questionamentos públicos sobre o termo.

Além da pressão de grupos antirracistas, que há anos questionam a permanência da ofensa no título do clube, o Redskins ainda sofreu ameaças de corte de patrocínio por seus principais financiadores: a FedEx, a Nike, a Pepsi e o Bank of America.

Torcedor do Washington Redskins segura cartaz pedindo pela manutenção do nome Torcedor do Washington Redskins segura cartaz pedindo pela manutenção do nome / Getty

Na última semana, grandes franquias de varejo como a Amazon, Walmart, Target e a mesma Nike removeram produtos oficiais dos Redskins de suas lojas virtuais. A emissora ESPN ainda afirmou que não iria mais exibir o logo da equipe, que representa uma imagem estereotipada de um índio nativo-americano.

A defesa pela permanência do nome, pelo qual a equipe é conhecida há mais de 80 anos, vinha principalmente de sua diretoria e torcida.

Segundo comunicado oficial do time, nesta segunda, um novo nome, bem como "uma nova abordagem para o projeto" estão em desenvolvimento. O objetivo seria "reforçar a posição de nossa orgulhosa franquia rica em história e que inspirará nossos patrocinadores, fãs e nossa comunidade nos próximos 10 anos".

O novo nome dos Redskins terá que ser anunciado antes do início da temporada da NFL, adiado para setembro em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Vale - Branded content - julho/2020
Loading...
Revisa el siguiente artículo