Futebol paulista retoma treinos na segunda (se prefeituras permitirem)

Reunião definiu reinício dos trabalhos presenciais, mas medida depende da aprovação das prefeituras

Por Metro Jornal

A FPF (Federação Paulista de Futebol) se reuniu em conferência virtual na quarta (10) com representantes dos 16 clubes da Série A-1 do Campeonato Paulista para decidir e anunciar os próximos passos para a volta gradativa aos treinos presenciais. No encontro ficou definido o retorno gradual dos atletas na próxima segunda-feira. Com isso, todas as equipes terão de providenciar os testes para covid-19 para atletas, comissão técnica e funcionários até o fim de semana.

O governo do Estado recebeu os protocolos enviadas pela FPF e deixou a decisão nas mãos das prefeituras das cidades com clubes integrantes do torneio, que devem ratificar a decisão.

Uma reunião com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), está agendada para esta quinta-feira (11). A expectativa é de que haja a aprovação, visto que ontem o prefeito flexibilizou o comércio na cidade como medida de relaxamento em virtude da pandemia do novo coronavírus (leia mais na página 02).

O encontro terá participação do secretário de Esportes, Maurício Landim, o secretário municipal da Saúde Edson Aparecido, o presidente da federação, Reinaldo Carneiro Bastos, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, e o presidente do TJD-SP, Delegado Olim. Clubes do interior negociarão, simultaneamente, com as prefeituras locais.

Também hoje haverá uma grande reunião envolvendo as entidades sindicais que representam atletas, árbitros e treinadores, o Ministério Público e o governo do estado de São Paulo, com presença de todos os clubes.

“O intuito é criar uma mediação pré-judicial para que a retomada gradual aos trabalhos seja segura tanto nos aspectos de saúde como jurídicos”, diz o comunicado oficial da federação.

Loading...
Revisa el siguiente artículo