Casos de coronavírus passam de mil no Japão mas olimpíada está mantida

Por Agência Brasil

O presidente do comitê organizador da Olimpíada de Tóquio 2020 Yoshiro Mori afirmou na manhã de hoje (4) que não considera a possibilidade de cancelamento dos jogos olímpicos, cuja abertura está prevista para 24 de julho. A declaração ocorreu pouco depois de ser revelado o total de infecções confirmadas pelo novo coronavírus (Covid-19) no Japão: o número de casos já ultrapassa a marca de 1.000 pessoas infectadas.

Yoshiro Mori também foi questionado sobre o prazo final para uma decisão sobre o cancelamento ou não dos jogos olímpicos. Em resposta, disparou: “Eu não sou Deus, então não sei”. Ontem (3) a ministra jde Tóquio 2020 Seiko Hashimoto afirmou que até maio sairia uma definição.

A menos de cinco meses para a abertura da Olimpíada de Tóquio, o chefe do Comitê Olímpico Internacional (COI) Thomas Bach reiterou ontem (3) que apoia totalmente a realização da Olimpíada do Japão, e que os atletas devem continuar se preparando para a competição em julho.

Nas próximas horas, o Conselho Executivo do COI, reunido deste ontem (3) em Lausanne (Suiça), participa de uma coletiva de imprensa para divulgar o relatório final do encontro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo