Campeonato Paulista começa nesta quarta; veja destaques dos quatro principais

Por Metro Jornal

O Campeonato Paulista começa nesta quarta-feira (22) – a final será dia 26 de abril – e do banco de reservas vêm as principais novidades dos grandes. Com exceção do São Paulo, que manteve Fernando Diniz, os demais colocam à prova seus novos ‘professores’.

Serão 12 rodadas na fase de grupos. Os dois melhores de cada se enfrentam nas quartas que, assim como nas semis, terão jogo único. A final será em partidas de ida e volta. O VAR será usado apenas nos mata-matas.

paulistão 2020 Arte: Metro Jornal

Santos: Professor Jesualdo ‘Xavier’

Apesar de não ter levantado taças no ano passado, o Santos apresentou um futebol bem intenso com Jorge Sampaoli. Com a saída do argentino, o Peixe trouxe o experiente português Jesualdo Ferreira. Na companhia de Água Santa, Oeste e Ponte Preta no Grupo A, o compatriota de Jorge Jesus ainda viu o alvinegro perder nomes como Victor Ferraz, Vanderlei, Gustavo Henrique e Jorge. Chegaram Madson e Raniel até aqui. Agora, tal qual fazia o poderoso professor Charles Francis Xavier na saga X-Men, Jesualdo terá que “invadir” a mente dos seus jogadores para que sua proposta de jogo, ofensiva como de seu antecessor, seja colocada em prática apesar do elenco enfraquecido. Para isso, os comandados do técnico de 73 anos terão que mostrar seus poderes para se classificar em uma chave que tem verdadeiros mutantes como Apodi (Ponte Preta) e Mazinho, o “Messi Black” (Oeste).

Grupo A
• Santos

• Água Santa
• Oeste
• Ponte Preta

Palmeiras: Pofexô ‘Tibúrcio’ Luxemburgo

“Olá, classe!”, já diria o professor Tibúrcio, personagem de Marcelo Tas no programa Rá-Tim-Bum da TV Cultura, que fez muito sucesso nos anos 1990. Vanderlei Luxemburgo, novo técnico do Palmeiras, também era o papa-títulos do Brasil na época, em especial nos timaços que comandou no Verdão. Agora, o Luxa está de volta ao clube, que duelará por vagas no Grupo B com Botafogo, Novorizontino e Santo André. Única contratação alviverde até o momento, ele conhece de cor e salteado os caminhos para ganhar títulos com o Verdão. A esperança da torcida é que Luxemburgo tenha a mesma didática de um Tibúrcio para mostrar ao seu elenco, agora reforçado por jovens promessas da base e mais enxuto depois da barca que deixou o clube, a “fórmula” para levantar taças. Aliás, foi com o próprio treinador que o Palmeiras levou seu último Paulistão, isso lá em 2008.

Grupo B
• Palmeiras
• Botafogo
• Novorizontino
• Santo André

São Paulo: Professor Fernando ‘Girafales’

É bastante improvável que alguém não conheça o Professor Girafales do seriado Chaves. Aquele homem sério, com porte irretocável e repleto de romantismo para demonstrar seu amor à Dona Florinda. E talvez possa ser definido como romântico o gosto pelo futebol de controle de bola e troca de passes que marcaram a trajetória do técnico Fernando Diniz, do São Paulo, o único remanescente no cargo entre os grandes do Estado. Apesar da crítica de parte da torcida, sua permanência traz otimismo aos jogadores, que já disseram em entrevistas que a continuidade pode ser benéfica por conta do entrosamento. Seja como for, o time sofreu com a falta de gols no ano passado, apesar do bom rendimento defensivo. É isso que Diniz terá que resolver, apesar da falta de reforços, para se dar bem no Grupo C, que também tem Inter de Limeira, Ituano e Mirassol, se não quiser ouvir da torcida um sonoro “Tá! Tá! Tá!”.

Grupo C
• São Paulo
• Inter de Limeira
• Ituano
• Mirassol

Corinthians: Professor Tiago ‘Dumbledore’

Nas histórias do mundo de Harry Potter, Albus Dumbledore era, entre outras coisas, professor de Transfiguração e diretor da Escola de Magia e Feitiçaria de Howgarts. Pois bem, no futebol do Corinthians, Tiago Nunes é quem detém a varinha mágica. Depois de bons anos de futebol reativo, que priorizava a defesa, o Timão resolveu mudar. Adepto do futebol ofensivo, de pressão e intensidade, o técnico veio do Athletico-PR para transformar a postura que a Fiel se acostumar a ver seu time jogar. Chegaram também Luan, Sidcley, Victor Cantillo e Davó, além do retorno de jogadores que estavam emprestados. No Grupo D, o alvinegro disputa vaga com Ferroviária, Guarani e o, agora, Red Bull Bragantino, que já tem colocado suas asinhas de fora com forte investimento da empresa de bebidas. Se existisse uma nova palavra mágica no Corinthians, esta deveria ser: “Ataquium Prioridadis”. Não custa tentar…

Grupo D
• Corinthians
• Ferroviária
• Guarani
• Red Bull Bragantino

Primeira rodada do Paulistão

Quarta-feira (22)
• Novorizontino x Oeste (17h)
• Inter de LImeira x Guarani (19h15)
• Ituano x Palmeiras (19h15)
• São Paulo x Água Santa (21h30)

Quinta-feira (23)
• Ferroviária x Mirassol (16h30)
• Ponte Preta x Santo André (19h)
• Santos x Red Bull Bragantino (19h15)
• Corinthians x Botafogo (21h30)

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo