Fumaça de queimadas afeta tenistas no Aberto da Austrália

Por Ansa

A fumaça dos incêndios florestais que atingem grande parte da região de Melbourne está afetando os tenistas que disputam o Aberto da Austrália. Os organizadores do Grand Slam suspenderam os treinamentos previstos para esta terça-feira (14) e alguns jogos das qualificatórias foram adiados por duas horas.

Australian Tennis Open 2020 Darrian Traynor/Getty Images

LEIA MAIS:
Kim Kardashian teria vaiado o ex-cunhado, Tristan Thompson, em partida de basquete

O alemão Alexander Zverev e o belga David Goffin seriam os primeiros que deveriam treinar nas quadras do Melbourne Park, mas cancelaram os trabalhos. Outros atletas, como Stefanos Tsitsipas, Rafael Nadal, Karolína Plísková e Cori Gauff, também suspenderam seus treinamentos.

Alguns deles, como o espanhol Nadal, treinou dentro de casa em vez de ao ar livre. Já a russa Maria Sharapova interrompeu seu evento de caridade.

"As práticas foram suspensas temporariamente esta manhã, devido à má qualidade do ar.As condições no lugar vão melhorando e são constantemente examinadas. Como sempre, a saúde e a segurança dos nossos jogadores, do nosso pessoal e do nosso público são nossas prioridades", explicou a organização do Aberto da Austrália em um comunicado.

A eslovena Dalila Jakupovic, número 201 do ranking da WTA, foi forçada a abandonar a partida contra Stefanie Vögele devido a um forte ataque de tosse. A atleta de 28 anos acredita que a crise foi ocasionada pela péssima qualidade do ar.

"Eu realmente tive medo de desmaiar: isso é perigoso para nós atletas", declarou Jakupovic.

O Grand Slam australiano começou nesta segunda-feira (13), com a fase de qualificação. Até o momento, quatro italianos (Roberto Marcora, Paolo Lorenzi, Gianluca Mager e Matteo Viola) conseguiram avançar na competição.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo