Rússia é banida da próxima Olimpíada e Copa do Mundo por doping

Por BandNews FM

A WADA (Agencia Mundial Anti-Doping) decidiu nesta segunda-feira (9) banir a Rússia de todas as competições esportivas internacionais pelos próximos quatro anos. A decisão unânime já vale para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Mesmo sem representação oficial, atletas do país poderão competir usando uma bandeira neutra, desde que comprovem não terem se dopado. O país também não poderá jogar a próxima Copa do Mundo, no Catar, em 2022, ou participar da Olimpíada de Inverno. Dirigentes esportivos do país estão proibidos de frequentarem esses eventos.

De acordo com a WADA, autoridades russas adulteraram um banco de dados de um laboratório em Moscou para ocultar centenas de possíveis casos de doping. O caso se tornou público em 2015, quando o esquema foi revelado para beneficiar atletas nos Jogos Olímpicos de Sochi, do ano anterior.

Veja também:
Imposto de Renda 2019: Aberta consulta ao último lote da restituição
Fuvest divulga aprovados para segunda fase nesta segunda; veja como consultar

Loading...
Revisa el siguiente artículo