Skatistas brasileiras brilham no STU Open e ficam perto de Tóquio 2020

Por Agência Brasil

Duas skatistas brasileiras já largaram na frente na corrida por vagas nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem. Neste domingo (17), a atual campeã mundial Pâmela Rosa, e Rayssa Leal, a Fadinha do skate, disputaram o título da modalidade street, do STU Open, realizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ).  Após uma batalha acirrada, Pâmela, de 20 anos, levou a melhor nas últimas manobras e garantiu a medalha de ouro, com nota 18,49.  A maranhense Rayssa Leal, de apenas 11 anos, ficou em segundo lugar (nota 17,09) e faturou a prata. Na terceira posição, com o bronze, ficou com japonesa Aori Nishimura (15,60).

O skate estreia ano que vem como esporte olímpico em Tóquio, no Japão. Pâmela lidera o ranking de classificação na modalidade street, com 140 mil pontos, seguida por Rayssa Leal, com 124 mil.  O STU Open, concluído ontem (17), fechou a temporada internacional de 2019, e abriu a segunda janela de classificação para a olimpíada, que vai até 31 de maio de 2020.  O ranking olímpico será divulgado no dia 1º de junho. O Brasil poderá contar com até 12 atletas (seis homens e seis mulheres), metade na categoria street (manobras em ambiente similar à paisagem urbana, com escadas, corrimões e bancos) e a outra metade na modalidade park (pista em formato de piscina com rampas de vários tamanhos).

Na disputa masculina do street, no STU Open, o brasileiro Lucas Rabelo foi o terceiro melhor, com 34,39 pontos, ficando com o bronze. O vencedor foi o japonês Sora Shirai (35,34) e a prata ficou com o norte-americano Jake Ilardi (35,24).

O Brasil foi representado ainda por outros cincos skatistas: Kelvin Hoether ficou em oitavo lugar no street masculino; Gabi Mazetto e Virgínia Fortes Águas terminaram em quinto e sexto lugares, respectivamente, no street feminino; Pedro Barros encerrou na sétima posição no park masculino; e Dora Varella terminou em sétimo lugar na competição do park feminino.  O vencedor no park masculino foi o norte-americano Cory Juneau; no feminino o ouro ficou com a japonesa Misugu Okamoto.

Loading...
Revisa el siguiente artículo