Federação chilena cancela jogos locais devido a protestos

Por Estadão Conteúdo

A Federação Chilena de Futebol (ANFP) suspendeu nesta terça-feira (29) os jogos de todos os campeonatos do país devido aos confrontos que há dias colocam o país em risco.

Em um comunicado, a ANFP revelou que a decisão foi tomada após as autoridades locais e a polícia chilena constatarem que não há condições de segurança para os jogos serem realizados.

LEIA MAIS:
Após caso de racismo, Uefa condena Bulgária a jogar sem torcida nas Eliminatórias

Tendo em vista os violentos protestos que o país sul-americano está enfrentando, não serão disputados partidas das três primeiras divisões, do Campeonato Chileno feminino e dos torneios das categorias de base.

Os últimos jogos da elite do Campeonato Chileno foram disputados no dia 17 outubro, entre Everton e Curicó Unido, em Valparaíso, e Universidad de Chile e Deportes Iquique, em Santiago.

Além da liga, a Copa do Chile está na fase das semifinais e os jogos serão disputados nos dias 12, 15 e 16 de novembro, mas estes confrontos ainda não foram adiados. O país também receberá em 23 de novembro a decisão da edição de 2019 da Copa Libertadores da América, entre Flamengo e River Plate.

Novos protestos aconteceram nesta terça-feira no Chile. Segundo a imprensa do país, foram registrados confrontos entre a polícia e os militantes em Valparaíso, Antofagasta, Concepción e Temuco. Pelo menos 25 pessoas teriam ficado feridas no ato.

Os protestos foram desencadeados pelo aumento das tarifas de metrô de Santiago, medida que já foi revogada. Ao todo, ao menos 20 pessoas morreram desde o dia 18 de outubro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo